sábado, 18 de novembro de 2017
área do assinante
01/11/2017 08:55
Edição 3163

Mãe acusa filho que estava desaparecido de furtar seu automóvel

Campanha nas redes sociais busca informações a respeito do paradeiro de cabeleireiro, que teria furtado veículo enquanto sua mãe dormia

Por Breno Guarnieri  


Na noite de segunda-feira (30), por volta das 18h45, A.A.B. procurou a Polícia para denunciar um furto ocorrido em sua residência, situada na Rua Antonio Angeluci, na Cohab Wilfredo de Souza Nazareth, zona norte de Fernandópolis. O crime ocorreu na madrugada de domingo (29). 


Informações do boletim de ocorrência dão conta de que A.A.B., mãe do cabeleireiro D.R.A.B., compareceu ao Plantão Policial para denunciar que seu filho furtou o seu automóvel, um Honda Civic, de cor preta, enquanto ela dormia sob efeito de remédios. Ainda de acordo com a mulher, D.R.A.B. é homossexual e já teve esta mesma atitude há alguns meses, sendo que o veículo foi encontrado em “estado de abandono” na via pública.


Campanha nas redes sociais 

Familiares e amigos também estão à procura do cabeleireiro. Segundo apurou a Reportagem de “O Extra.net”, amigos de D.R.A.B. publicaram fotos recentes do cabeleireiro nas redes sociais.


A família obteve a informação que o cabeleireiro teria abastecido o veículo duas vezes usando o cartão de crédito da mãe. O último abastecimento ocorreu em um posto de combustíveis, localizado às margens da Rodovia Euclides da Cunha (SP-320). O caso é investigado pela Polícia Civil e, até o fechamento desta edição, D.R.A.B. não foi localizado.


Familiares e amigos fazem campanha para que cabeleireiro seja encontrado