sábado, 18 de novembro de 2017
área do assinante
13/11/2017 10:20
Edição 3170

Prisão dos dois ex-prefeitos pela Polícia Federal é apenas o 'fio da meada'

Prisão dos dois ex-prefeitos pela Polícia Federal é apenas o 'fio da meada'

As prisões dos ex-prefeitos Odair Vazarin-PSD e, sobretudo, de José Massoni-PTB (Guarani D´Oeste e Turmalina respectivamente), na manhã da última terça-feira, 07, catalisou intensas preocupações em ex e atuais gestores na região. Explicando! A detenção do primeiro fora fundamentada em inúmeros preceitos jurídicos, com farta capitulação nos artigos do Código Penal: Associação criminosa, apropriação indébita previdenciária, peculato e até estelionato, dentre outros. Ele é acusado de simulações de contratos, pagamento indevido de verbas trabalhistas, pagamentos superfaturados a servidores municipais e por ai vai, até atingir uma somatória estimada pela Polícia Federal em R$ 4 milhões (altíssima para os padrões arrecadatórios do município). Mas até cá, parece-se uma ação isolada, circunscrita a um município e um gestor. Porem a “coisa” pega no segundo.


Ojeriza geral: políticos atuais e passados da região certamente serão investigados

À primeira vista, Massoni acabou “rodando” junto por simplesmente ter seu nome envolvido num dos contratos contestados: o de R$ 130 mil para prestação de serviços de “repatriação”, para o município de Guarani D´Oeste, de verbas retidas pelo governo federal e que seriam, posteriormente, devolvidas à Prefeitura. Eis aqui a expoência do problema e que se tornou a principal mira da operação da PF. Dezenas de contratos similares ao subscrito pelo então prefeito guaraniense e a empresa de Massoni foram formalizados na região por vários ex-prefeitos (uns deles reeleitos(as) e atualmente no cargo). Alguns com valores superiores, outros similares e poucos menores. Até mesmo uma instituição de ensino superior da região fez o mesmo. Resumindo palavras ecoadas na Superintendência da PF jalesense, “Odair pode ter sido só o boi de piranha”. Um amplo e inquantificável escândalo regional se avizinha no horizonte.



Lojas Americanas em Fernandópolis

Uma boa nova! Após disputadíssimo embate de bastidores, que gerou inúmeras injunções por parte do governo municipal local, através do prefeito Pessuto, do vice Pinato e secretário Kamiyama, inclusive com direto a embates com municípios concorrentes da região, está confirmada a instalação de uma unidade da Lojas Americanas em Fernandópolis. Até o endereço já está escolhido e o contrato celebrado. Será na Rua Brasil, esquina com a Paulo Saravalli, em uma instalação predial da família Folchini. Relembre-se que a empresa já possuiu unidade no Shopping local e que, em outubro de 2014, arrolamos, nestas linhas, a possibilidade da vinda do McDonald´s e desta, que agora também se ratifica.


IN OFF


Exclusão ou inclusão?
Eis a grande dúvida remanescente pós conquista fernandopolense. A unidade local das “Americanas” exclui as de Votuporanga, Jales e Santa Fé do Sul, onde era ansiosamente aguardada ou serão todas cidades contempladas pelo grupo empresarial?

Negociações são sigilosas
A concorrência regional impede versões oficiais durante as negociações e somente após subscrições contratuais são expostas. De Jales e Santa Fé, não temos maiores informações que tratativas embrionárias. Já em Votuporanga...

Tem até local escolhido
Desde 23 de agosto há um contrato firmado entre diretores das “Americanas” e proprietários do imóvel onde funcionava as Lojas Romeira. Soa mais factível que, no mínimo, tanto lá como cá haverão novas unidades.

Recinto à venda novamente
Segue a saga da venda do recinto de exposições. Após anúncio da alienação por R$ 3 milhões e a propagação de que a festa de 2018 seria retomada em grande estilo, com dois shows por noite, o negócio foi, literalmente, para o brejo.

Falta de pagamento
A empresa  Gauri Eventos não honrou o pagamento, agendado para o último dia 27 e o contrato foi cancelado. Segundo a Prefeitura jalesense e a Unimed (dona da área),  o recinto está, novamente, à venda. Interessado?

Concursos: Negocião!
Bom negócio abrir uma empresa de concursos. A IBAM, contratada pela Prefeitura de Jales faturou R$ 347,8 mil com taxas dos inscritos para o concurso aberto por lá. Por outro lado, a Prefeitura apenas R$ 41,7 mil.
 
E sem licitação
E devido a IBAM ser “sem fins lucrativos”, a municipalidade sequer fez licitação pública para a escolha da empresa. Imagine-se então o fosse? No total, 5.006 inscrições foram confirmadas para os quatro certames.

Empréstimos preocupantes
E por prismar em Jales, lideranças políticas, inclusive edis, já se mostram preocupados com as finanças municipais. Após o empréstimo de R$ 4 milhões para o programa de asfaltamento, agora tem outro de R$ 500 mil.

Já são R$ 160 mil por mês
Esse meio milhão será empregado na renovação da frota municipal. Somente com o parcelamento do recape, a municipalidade já desembolsa R$ 160 mensalmente. Os juros cobrados pelo Desenvolve-SP são de 9,5% ao ano.

Farra do boi gordo?
Enquanto administradores continuam a usar “a falta de dinheiro” para justificar carências na Saúde, Educação e outros setores, parece abundar dinheiro em outras áreas. Relatório aponta que somente com viagens, sobretudo à Brasília e São Paulo, o prefeito de Pontalinda Elvis Souza-PTB, já torrou R$ 62 mil somente nos primeiros nove meses. Ana Lúcia Módulo-PSDB, de Vitória Brasil, consumiu, em idêntico período, R$ 43 mil.

Perguntar ofende?
- Estará Lula às gargalhadas com nova tentativa de Reforma da Previdência?




frase da semana



Os médicos de Brasília já
descobriram porque o presidente
Temer parou de fazer xixi. Agora
estão pesquisando o por que
ele faz tanta merda”.


Do colunista da Folha de São Paulo, José Simão.



Lojas Havan na região? Empresa estuda expansão da rede. Dado na fila



Em meio à profusão de expansões das grandes redes supermercadistas na região, uma das mais aventadas paira sobre a Havan. Detentora de 100 lojas no Brasil, com filiais em Rio Preto e Araçatuba, a própria Assessoria de Imprensa ratificou que o diretor de Expansão Nilton Hang, está “à caça” de novas oportunidades e não descarta a abertura de nova unidade por aqui. Calma! Antes de precipitações, há que se ressaltar que neste caso Votuporanga está na dianteira. Já houve até sondagens mercadológicas.


Movimentação financeira
Hang realmente esteve por lá no ao final de outubro, inclusive pernoitando na cidade e percorrendo corredores comerciais para averiguar a propagada pujança votuporanguense. Armado de índices e dados mil, entrou assim como saiu: silenciosamente. Mas fontes por lá já cravam, precipitadamente, a conquista.

Construção recorde
Tão precipitadamente que até chegam a afirmar que uma área fora escolhida e que, uma vez iniciada as obras, em 90 dias a empresa estará instalada e inaugurada. Políticos de prumo entraram de cabeça na especulação.


Empresa nega
A Havan nega qualquer definição a favor de lá, embora confirme as sondagens. O prefeito João Dado, silenciosamente, trabalha forte nos bastidores, buscando o máximo sigilo possível, temendo eventuais concorrentes regionais que, certamente, estão de olho na oportunidade. Fernandópolis no meio da disputa.

E tem mais!
Informações extraoficiais indicam que o Grupo Muffato, já instalado em Rio Preto, também estuda a ampliação da rede regional. Como se vê, motivos não faltam para políticos locais arregaçarem as mangas e irem ao embate.



Delegado de Votuporanga perde e Temer nomeia outro para Direção da PF



O votuporanguense Rogério Galloro, atual número 2 da Polícia Federal e favoritíssimo a assumir a direção do órgão acabou sendo preterido pelo presidente Temer. O novo diretor-geral da PF, em substituição a Leandro Daiello, é Fernando Segóvia. Ele assume a contragosto da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal que já emitiu nota oficial afirmando que Segóvia sequer constava da lista tríplice elaborada mediante votação. O novo diretor tem como expoência na profissão a direção da Superintendência do Maranhão e é ligado a José Sarney. Como é íntimo do ministro da Justiça Torquatro Jardim, o votuporanguense fora nomeado secretário Nacional de Justiça. Nada mal!


Contra crise, a volta da velha medida já revogada
A alteração, de tanto adotada nas gestões passadas, chegou quase a se tornar padrão, mas, com assunção da atual safra, foi integralmente revogada. Agora, eis que sob o mesmo manto da economicidade, Livia Oliveira a retomou e, agora, a Prefeitura ouroestense funcionada das 07h00 às 13h00. Será que pega?

ITBI setorizado! IPTU pode seguir mesmo rumo?
Com alíquota padrão de 4%, independentemente da localização do imóvel, o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis-ITBI deve passar por mudanças em 2018. Pessuto e vereadores estudam índices setoriais, de acordo com os bairros. Se instituída, a mudança pode servir de base para readequação da cobrança do IPTU.

Ficando íntimo! Pinato novamente na China
O deputado está novamente em terras asiáticas. Desta vez participando da Exposição Internacional China-América Latina, que congrega 500 empresas líderes chinesas e mundiais. Só neste ano a China investiu R$ 35 bi no Brasil.


Enquanto isso, nesta semana...


Previdência: Quem votará?


Temer voltará a insistir na Reforma Previdenciária e quer o apoio dos deputados que o absolveram das denúncias da Procuradoria. O problema é que, às vésperas de nova eleição, quem ajudá-lo terá dificuldades extremas nas urnas. Dilema!


Mudança relevante
Férias, home office, terceirização, contratos, enfim, quase tudo relacionado às normas trabalhistas estão sob nova regra a partir de hoje, data em que entra em vigor a Reforma Trabalhista.

Mas vem outras
Mas alguns direitos subtraídos dos trabalhadores serão objeto de nova mudança. Na segunda Temer envia “ajustes” para votação no Congresso.


Aposentadoria de R$ 9,6 mil


Condenado a mais de 30 anos de prisão na Operação Lava Jato, o ex-ministro e deputado federal José Dirceu-PT deve ganhar R$ 9,6 mil mensalmente pela sua aposentadoria da Câmara dos Deputados. Isso, apesar de ter o mandato cassado. E querem mudar a aposentadoria dos mais pobres!


Recorde desde 1998
A inflação acumulada no ano ficou, somado outubro, em 2,21%, o menor índice da história desde 1998. Neste mês foi de 0,42%, contra 0,16% em setembro. A energia elétrica foi o que mais subiu.
   
Farinha do mesmo saco
O delegado Sandro Avelar, cotado para ser o número 2 da PF, recebeu R$ 11,6 de Temer quando foi candidato a deputado federal em 2014. Vergonha!


Carta de Bolsonaro


Lembram-se da “Carta ao povo brasileiro”, divulgada por Lula em 2002? Pois agora o pré-candidato do PSC-RJ divulgou “Carta aos brasileiros”, onde nega ser totalitário e afirma que conta com grupo de professores da melhores universidades. Será?