domingo, 17 de dezembro de 2017
área do assinante
06/12/2017 09:00

Gasolina sobe R$ 0,40 em Jales, mas continua entre mais baratas do estado

A Tribuna 



A nova política de preços adotada pela Petrobras, sob a presidência do privatista Pedro Parente, já provocou, somente nos últimos três meses, um aumento médio de 12% no preço da gasolina, nos postos de combustíveis de Jales. Pesquisa feita pelo jornal A Tribuna mostra que, atualmente, o preço da gasolina em Jales está variando de R$ 3,579 a R$ 3,999, ou seja, uma diferença de R$ 0,42/litro, do preço mais caro para o mais barato. Em agosto, essa variação era de R$ 0,50/litro, com a gasolina mais barata custando R$ 3,199, enquanto a mais cara era vendida a R$ 3,699. Em entrevista, o presidente da Petrobras negou que o aumento seja consequência da nova política de preços. Para ele, os frequentes reajustes nos preços dos combustíveis são resultado do aumento de impostos, já que o governo teria aumentado, em julho, as alíquotas do PIS e do Cofins.


Em Jales, o menor aumento foi de 8,1% onde a gasolina custava R$ 3,699, por litro, no final de agosto e agora, três meses depois, está custando R$ 3,999, ou R$ 0,30/litro a mais. Já no Posto Bernardo, onde os donos de veículos podem encontrar uma das gasolinas mais baratas da cidade – e do estado – o combustível estava sendo vendido a R$ 3,199 ao final de agosto e, atualmente, está valendo R$ 3,599, um aumento de 12,5% ou de R$ 0,40 por litro. No Posto Brasil, na avenida “Francisco Jalles”, o reajuste foi de R$ 0,38/litro, ou 11,8%. Em agosto, a gasolina era vendida naquele posto a R$ 3,199 e, atualmente, ela custa R$ 3,579.


Apesar do aumento verificado nos postos de combustíveis da cidade, o preço da gasolina em Jales continua sendo um dos mais baratos do estado e do país. De acordo com levantamento feito pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), entre os dias 19 e 25 de novembro, o preço médio da gasolina na região já ultrapassava a barreira do R$ 4,00 na maioria das cidades, ficando abaixo desse patamar apenas em Jales. Enquanto em Jales o preço médio da gasolina, calculado pela ANP, estava em R$ 3,734, bem abaixo dos preços médios encontrados em José Bonifácio (R$ 4,402), Barretos (R$ 4,126), São José do Rio Preto (R$ 4,060) e Votuporanga (R$ 4,050).


Os preços praticados pelos postos de combustíveis de Jales tem atraído muitos motoristas da região. Em alguns postos é comum encontrar filas em determinados horários, principalmente no final da tarde e início da noite. “Eu venho a Jales todas as semanas, a trabalho, e aproveito para encher o tanque do meu carro. 


Ultimamente eu só vou aos postos da minha cidade para fazer outras coisas, colocar combustível nem pensar, pois está bem mais caro que aqui em Jales”, confessou um advogado de Fernandópolis. Logo atrás dele, em um carro com placa de Palmeira D’Oeste, uma mulher aguardava a sua vez. “Toda vez que eu venho ao dentista, aqui em Jales, o meu marido me diz pra eu encher o tanque. Ele até fica torcendo pra eu vir visitar o dentista”, disse a motorista.


Etanol

O preço do etanol nos postos de Jales também está entre os mais baratos do estado. O levantamento da ANP, realizado entre os dias 19 e 25 de novembro, aponta que o preço médio em Jales era de R$ 2,357/litro, bem mais em conta que em outras cidades, como São José do Rio Preto (R$ 2,835), Votuporanga (R$ 2,754), Barretos (R$ 2,748) e José Bonifácio (R$ 2,628). Nos últimos três meses, os preços do etanol, em Jales, também aumentaram e, em alguns casos, esse aumento chega a R$ 0,30/litro. Mesmo assim, o etanol pode ser encontrado por valores abaixo do preço médio constatado pela ANP em Jales, que já um dos mais baratos do estado. No Posto Bernardo, por exemplo, o etanol estava em promoção na semana passada, sendo vendido a R$ 2,329. No final de agosto, o posto vendia o etanol a R$ 2,199.





http://atribunanaweb.com.br/noticia/gasolina-sobe-rs-040-em-jales-mas-continua-entre-mais-baratas-do-estado