quarta, 24 de janeiro de 2018
área do assinante
12/12/2017 09:25

'Se não der para aprovar neste ano, vamos aprovar no ano que vem', diz ministro

Governo quer aprovar proposta ainda em 2017 na Câmara

Da Redação 


O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou nesta segunda-feira (11) que, na opinião dele, se o governo não conseguir aprovar a reforma da Previdência ainda neste ano, conseguirá em 2018.


Enviada ao Congresso em dezembro de 2016, a proposta foi aprovada por uma comissão especial da Câmara em maio deste ano. Mas, desde então, a reforma não avançou por falta de consenso entre os parlamentares.


Diante desde cenário, o presidente Michel Temer articulou com o relator, Arthur Maia (PPS-BA), uma proposta enxuta e, com isso, espera aprovar a reforma ainda este ano na Câmara.


"O que eu digo é que, se não der para aprovar neste ano, vamos aprovar no ano que vem. Eu não joguei a toalha", afirmou Dyogo Oliveira nesta segunda, após participar de um evento da pasta (saiba detalhes mais abaixo).


O ministro do Planejamento disse também que, quanto mais tempo levar para aprovar a reforma, "mais duras terão de ser as medidas de correção."


Em outubro, porém, Dyogo Oliveira já havia dito que, se a reforma ficar para 2018, "não tem nenhuma possibilidade" de ser aprovada.



Ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira