quarta, 24 de janeiro de 2018
área do assinante
20/12/2017 16:20

Justiça libera 1.608 detentos da região para saída temporária de Natal


Por Diário de Votuporanga


O juiz da Vara de Execuções Criminais (VEC) de Rio Preto, Zurich Oliva Costa Netto, concedeu o direito para 1.608 detentos do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) tenha o direito a `saidinha` de Natal. A liberação começa nesta quinta-feira(21) com obrigação de retornar após 6 dias.


No Centro de Ressocialização Feminina (CRF), 56 mulheres ganharam o direito de comemorar o Natal do lado de fora das grades. Elas vão sair nesta quinta-feira, dia 21, e devem retornar no dia 27. Já os homens (1556) serão libertos nesta sexta com obrigação de voltarem dia 28 próximo. Tanto os homens quanto entre as mulheres que não voltarem dentro do prazo serão considerados foragidos.


Todos os detentos vão ganhar liberdade temporária sem as tornozeleiras eletrônicas de monitoramento, porque ainda não foi resolvido na Secretaria de Administração Penitenciária o impasse com a Synergye Tecnologia, empresa fornecedora do equipamento, que teve o contrato encerrado, mas ainda recorre na Justiça.


Segundo a SAP, a Synergye Tecnologia tinha até segunda-feira, dia 18, para apresentar esclarecimento sobre o mal funcionamento das tornozeleiras, que em alguns casos, paravam de enviar sinais sobre a localização dos presos em tempo real.


“A Secretaria está tomando todas as providências necessárias para retomar o monitoramento eletrônico o mais rápido possível”, informou a SAP.


Sem monitoramento, os presos vão ser vigiados pela Polícia Militar, por meio de patrulhamento das imediações onde vão passar o Natal.