quarta, 24 de janeiro de 2018
área do assinante
04/01/2018 10:53
Edição 3203

Feriado de Ano Novo termina com três mortes por afogamento nos rios da região

O que chamou a atenção dos bombeiros é que dois desses casos foram muito parecidos, quando as vítimas foram pegar uma bola que caiu no rio

Da Redação 


O feriado de Ano Novo terminou com três afogamentos nos rios na região noroeste paulista. O que chamou a atenção dos bombeiros é que dois desses casos foram muito parecidos, quando as vítimas foram pegar uma bola que caiu no rio.


O corpo de Anderson da Silva Souza, de 19 anos, foi encontrado pelos bombeiros há cerca de 40 metros da margem do rio Tietê ainda submerso. O jovem passava o réveillon com amigos em um rancho e se afogou tentando pegar uma bola.


Luciano dos Santos Neto é um dos amigos que estavam com ele. “Um minuto de distração que tivemos a correnteza levou bola e ele tentou pegá-la, mas foi junto com a correnteza, e ele não conseguiu voltar”, afirma.


A diversão também terminou em tragédia para outro rapaz de 26 anos, que morreu afogado de um jeito bem parecido: tentando pegar uma bola que tinha caído na água no rio Grande, em Riolândia.


Emerson Cardoso Ferreira tinha 26 anos e estava com amigos na prainha da cidade. O corpo foi encontrado na água no início da noite desta segunda-feira (1º) pelos bombeiros.


Cuidados

Casos de afogamentos costumam aumentar nesta época do ano, segundo o tenente Walter Cruz de Oliveira, principalmente por conta do calor, que faz com que as pessoas aproveitem mais as opções de lazer na água.


“A gente faz orientação para que as pessoas que busquem local que conheçam, não bebam ou comam antes de entrar no rio e crianças com supervisão”, afirma.

O terceiro afogamento foi em Mira Estrela. Um homem de 34 anos se afogou na prainha da cidade. Ele passava o final de semana com amigos e estava nadando quando desapareceu na água. Ele era morador de Mirassolândia.


Bombeiros orientam crianças a estar sempre acompanhadas nas prainhas