sábado, 24 de fevereiro de 2018
área do assinante
31/01/2018 09:09

Passos para a evolução

Por Josanie Branco - Assistente Social e Jornalista

Muitas pessoas podem perguntar-se “Como posso ser feliz, se a minha vida está cheia de problemas?”. O que muitos não percebem é que a felicidade não depende de não ter problemas, mas sim da forma como se lida com eles.  É certo que há pessoas que têm de enfrentar mais problemas que outras, que existem locais mais improváveis para se viver, que existem culturas mais complexas, mas na prática todos encaramos dificuldades. A maneira como lidamos com esses obstáculos diários tem um forte impacto sobre nossa saúde física e mental, sobre nosso desempenho profissional e, especialmente, sobre nossa vida familiar.


 Se deixarmos os problemas à solta, nossa mente tem a tendência de aumentá-los. Alimentados pelo nosso lado pessimista, problemas normais do dia a dia se transformam e assumem em nossa mente proporções que, na maioria das vezes, não correspondem à realidade dos fatos. As soluções parecem inalcançáveis e somos dominados pelo desânimo e pela falta de criatividade.   Muitas vezes não conseguimos entender e até julgamos o por quê temos que passar por certas situações em nossa vida. Em meio a tantas dificuldades e provas, sentimos que nosso espírito sente-se pressionado e triste. Muitos problemas surgem, testes que nos colocam no limite, que parecem torcer nossa alma por completo, dores que não podem ser vistas - somente sentidas, feridas que custam a cicatrizar.


O mundo todo parece não lhe compreender. E em vez de oferecer consolo, parece apontar o dedo e discriminar. Quantas vezes as tempestades aparecem trazendo dor, tragédias, perdas angústia, desânimos... E quantas vezes conseguimos enxergar a luz no final do túnel? Porque ela está ali, bem adiante, pronta para ser tocada. Se confiarmos com fé, que adiante da tempestade o Mestre estará ao leme e deseja nos ajudar e dar alegria, o consolo e conforto virão, mas para isto é preciso buscá-los.  Se avivarmos bem os sentidos espirituais, veremos que essas tempestades são necessárias para o nosso progresso.


Sem elas não seríamos fortes o bastante, sem elas não trabalharíamos nossas imperfeições e atributos que precisam ser melhorados. Deus sabe exatamente o que carecemos, Ele nos deu a vida, porém cada um precisa realizar sua caminhada, aprender o que for necessário. Quando as coisas acontecerem não julgue e nem procure culpados, mas agradeça e vença esse obstáculo, pois você precisava aprender com ele. Tudo o que passamos faz parte da nossa evolução, por mais difícil que seja é um importante instrumento que nos servirá de aprendizado para a vida toda.


“Tempestades na vida abalam e revelam as partes mais fracas, mortas e superficiais em nós. Tempestades nos treinam a sermos mais flexíveis e dobráveis. Se não renunciarmos e abrirmos nosso coração para mudanças, não vamos conseguir”!