sábado, 24 de fevereiro de 2018
área do assinante
09/02/2018 09:08

Internautas lançam #JustiçaParaLucas para chamar atenção sobre o caso

Iniciativa partiu de um membro familiar da vítima

Da Redação 


Cinco dias após a tragédia que tirou a vida de Lucas Antônio Lacerda da Silva, estudante de Cardoso, morto eletrocutado em um poste de sinalização de pedestres na rua da Consolação, em São Paulo, após se apoiar no equipamento e sofrer uma descarga elétrica, internautas se reúnem para chamar atenção sobre o tema e alertar a população.


A influenciadora digital e escritora rio-pretense Denise Tremura, que tem mais de 375 mil seguidores no Twitter, postou na quarta-feira (07), em sua conta, um pedido de ajuda para realizar um grande ‘tuitaço’ (sequência de postagens na rede social Twitter com o uso da mesma hashtag).


De acordo com a internauta, a iniciativa partiu de um membro familiar da vítima. “Sou amiga pessoal de uma tia do Lucas e conversando, decidimos ter esta iniciativa para difundir o tema e os cuidados com a população e também pedir um posicionamento da Prefeitura sobre o caso, cobrar isso de alguém, já que pode acontecer com qualquer um”, explicou Denise.


Para participar, basta usar a Tag #JustiçaParaLucas na sexta-feira (09) das 7h30 às 8h30. Quem não quiser fazer tuítes sobre o caso Lucas com a hashtag, poderá também retuitar (compartilhar na rede) as pessoas que usarem a tag.


A postagem da blogueira ressalta, ainda, que é importante utilizar a mesma tag para não provocar spam (sequência de postagens repetidas e inconvenientes que podem ser excluídas pela rede social ou incomodar usuários).


Na ação, está permitido o uso de imagens e a orientação é de marcar o perfil no Twitter da Prefeitura de São Paulo e do prefeito João Dória (PSDB).


Qualquer dúvida, é só acessar o perfil no Twitter da influenciadora (@detremura).


 Lucas morreu eletrocutado após encostar em um poste de sinalização de pedestres na Capital Paulista