domingo, 25 de fevereiro de 2018
área do assinante
10/02/2018 06:23

Por Livio Vono


01 - Olá um grande abraço. Estamos chegando. E chegando com mais uma decepção. Alias, decepção é o que não falta para os brasileiros nos dias de hoje com esse pais. E não deveriam ser assim as coisas nesta terra de pau brasil. Um país maravilhoso, mas que infelizmente tem muita porcaria por aí.


02 - Faz muito tempo que as pessoas sérias imploram pela tecnologia no futebol brasileiro. E como imploramos. Quando chega a hora da onça beber água eis que arrumam desculpas esfarrapadas e lá se vai aquilo que poderia e muito moralizar o nosso futebol que é o grande meio de lazer principalmente para as camadas carentes, financeiramente de nosso país.


03 - Esta semana as vinte agremiações componentes da Série A do Campeonato Brasileiro deste ano se reuniram com os homens da CBF para implantarem o tal de VAR, ou seja, o famoso árbitro de vídeo, e acabou tudo em que? Em nada. Até fizeram uma votação mequetrefe para despistar, mas tudo ficou como dantes como dizem os nossos irmãos lusitanos.


04 - Não teremos mais o tão esperado árbitro de vídeo no Brasileirão desta temporada. Ora,não foi a mesma CBF que nem soube explicar como seria o funcionamento de tal ferramenta aos clubes que disse no ano passado que seria mais que certo a utilização de árbitros de vídeo neste campeonato? E então? Nada.


05 - Disseram até, na reunião realizada esta semana, que o custo da implementação de tal ferramenta teria um custo de mais de R$ 40.000.000,00 se colocado em prática e a entidade mor do nosso futebol não teria dinheiro para pagar. Mas pagar R$ 200.000,00, isso mesmo duzentos mil reais de salário por mês para um presidente que não pode nem sair do país porque será preso pode?.


06 - E mais, o tal de VAR (árbitro de vídeo) já foi implantado no futebol europeu e tem correspondido e muito com aquilo que se esperava. Em Portugal, por campeonato, é gasto ou então o custo fica em torno de cinco milhões de reais. Por que no Brasil custaria quarenta milhões? Alguma coisa está errada e a tendência é que o errado é aqui. E a maioria dos clubes da Série A que estavam representados na reunião votou para não ter.


07 - Um deles foi o Corinthians com o voto do presidente Andrés Sanches. É meu caro leitor/leitora, como você esperava que o presidente corintiano iria votar? Claro que quanto menos se puder tirar alguma coisa que não ajude o Timão ele votará sempre contra. Mas uma coisa tenham certeza: por dois anos Jô não irá fazer gols de braço. Está no Japão.


08 - E para embaralhar ainda mais a nossa cabeça, disseram os homens da CBF que os jogos finais da Copa do Brasil terá sim árbitro de vídeo. Você deve se lembrar do conteúdo destas 11 notícias da semana passada quanto explicamos aqui que os dirigentes mataram o Brasileirão em detrimento à Copa do Brasil. Se você costuma arquivar seus jornais vá lá e leia novamente a coluna que entenderá.


09 - Gastar quarenta milhões de árbitro no Brasileirão deste ano (esse valor é uma desfaçatez contra a moralidade dos homens e mulheres sérios deste país), mas elevar o prêmio da Copa do Brasil para mais de sessenta e três milhões de reais não é, gastar com árbitro de vídeo não pode. Chamem os portugueses que sai sete vezes mais barato.

 

10 - Duas perguntas que não se calam: primeira. Quando será que a Polícia Federal vai entrar na CBF e na casa de seus diretores e fazer uma "varredura" daquelas que são capazes de fazer? O dia que isso acontecer a ponte da Amizade que liga o Brasil ao Paraguai vai ficar pequena e ter congestionamento. Segunda: Quando será que o Ministério Público Federal vai entrar de cabeça, com a competência que tem, no conteúdo do dinheiro que foi aplicado na construção do Itaquerão? Afinal, tem muito dinheiro público nisso e muitos brasileiros morando debaixo de pontes e viadutos por não terem dinheiro para comprar as suas casas.


11 - Agora você pode assistir toda a programação do Canaldez, a primeira TV da cidade, com mais facilidade. Estamos no Canal dez da TV Cabo Mix, como sempre estivemos, na internet no www.canaldez.com.br também e agora no Facebook em tempo real, no Instagram e no youtube, além de nosso aplicativo. Hoje e amanhã, em reprise, estaremos ao lado do professor Zé Renato e de Admilson Garcia, diretor deste diário, na mesa redonda. Até sábado se Deus quiser.