domingo, 25 de fevereiro de 2018
área do assinante
10/02/2018 08:33

Caiçara pede ajuda para não fechar as portas

Da Redação


Um dos sócios-proprietários da Agência Caiçara, banca de jornais e revistas mais tradicional de Fernandópolis, Olivan procurou a Redação deste "O Extra.net" para registrar um pedido de ajuda. O trio Mário Pereira, o Marinho (que recupera sua saúde depois de um grande susto que nos deu), Agnaldo Herrero e Olivan Luís da Silva "driblam a crise" para manter a Caiçara em atividade. Osmundo Dias de Oliveira e Dona Ernestina inauguraram o estabelecimento há 60 anos, desde então, 'vizinhos' da Caiçara fizeram, e muitos ainda fazem, história na cidade: Cine Santa Rita, Luzitana Supermercados, Bazar 10, Loja das Noivas, Sotam Hotel, Vidal, Ótica Visão e Relojoaria Freitas são alguns deles. Desde abril de 2016, a Caiçara se mudou, após 57 anos localizada na Avenida Brasil, para a Avenida Primo Angeluci (antiga Av. 09), nº 64, ao lado do "Juninho Doces", atrás do Sakashita.

BOX  -    Confira a carta de Olivan, com seu pedido de ajuda à Caiçara, publicada com exclusividade nesta edição:


"Eu Olivan Luís da Silva, venho por meio desta pedir a ajuda do Sr. prefeito, jovem André Pessuto, do vice-prefeito Gustavo Pinato, empresários e comerciantes fernandopolenses, advogados, médicos, enfim, a todos os nossos amigos, de Fernandópolis e região. Sabemos que estamos passando por uma turbulência difícil, todos nós. Em virtude disso, ressalto os 60 anos da Agência Caiçara, do saudoso Osmundo e Dona Ernestina, também com o objetivo de preservar este patrimônio que é a nossa Caiçara. Venho me desabafar e pedir uma grande ajuda, pois as dificuldades aumentaram nos últimos tempos, ainda mais por conta da Internet. Tenho de Caiçara, graças a Deus, 39 anos de trabalho, com muito orgulho. Conheço todo mundo e isso é para mim a coisa mais importante da vida, a amizade e o bom atendimento que damos aos nossos clientes. E ainda aproveitando a oportunidade, venho pedir a vocês vereadores, nossos deputados, estadual e federal, "filhos da terra", que nos deem uma mão. Infelizmente, nesta semana, recebi uma triste notícia. O distribuidor das revistas, que tem nos ajudado muito, precisa receber o atrasado. Perante a isso, a Caiçara, a partir da próxima quinta-feira, logo após o Carnaval, corre o risco de encerrar suas atividades. É duro. Não durmo à noite, só choro, não consigo me alimentar. Estamos passando por um momento de desespero. Se a população puder nos ajudar a colocar a casa em ordem, para recomeçarmos um novo ciclo financeiro no "azul", precisaríamos de R$ 35 mil. Venho de bom coração fazer este apelo, pois o tempo é curto. Estamos sofrendo com essa instabilidade. Para quem puder colaborar, deixo o número de nossa conta no Bradesco à disposição - Agência: 0063; Conta: 0058463 - 0. Contato com Olivan, celular 99736-1665. Fone da Caiçara: 3442-4255. Fiquem todos com Deus! Muito obrigado!"