domingo, 25 de fevereiro de 2018
área do assinante
14/02/2018 14:39

Por falta de provas, Ministério Público arquiva inquérito contra ex-prefeito

Blog do Cardosinho 



Até que enfim uma boa notícia para o encrencado ex-prefeito de Dolcinópolis, José Luiz Reis Inácio de Azevedo. O Ministério Público de Estrela D’Oeste remeteu ao arquivo morto um inquérito instaurado em 2016, a partir de uma denúncia anônima.


A denúncia foi levada por um tal “morador indignado” à Procuradoria da República de Jales, que a encaminhou ao MP de Estrela D’Oeste. Nela, o indignado cidadão dizia que a dívida da Prefeitura com um posto de combustíveis – de R$ 200 mil – seria, na realidade, uma dívida de campanha do prefeito José Luiz.


A denúncia dizia, ainda, que o prefeito teria direcionado a licitação para contratação do posto e, pior ainda, teria adquirido combustíveis por preços superfaturados, além de exagerar no consumo. Nada disso, porém, foi comprovado pela investigação do Ministério Público.


A licitação teve apenas uma empresa participante, mas isso não comprova o direcionamento, uma vez a Prefeitura tinha dado ampla publicidade ao certame, com publicação do edital inclusive no Diário Oficial do Estado. De seu lado, o consumo foi considerado normal e, por fim, os preços dos combustíveis estavam, de acordo com o MP, em consonância com os valores praticados por outros postos da região.


A indignação do morador, como se vê, não se justificava. Pelo menos com relação ao contrato dos combustíveis.




http://cardosinho.blog.br/regiao/por-falta-de-provas-ministerio-publico-arquiva-inquerito-contra-ex-prefeito-de-dolcinopolis/