PET

Filhote de cachorro flagrado com óculos de sol em garupa de moto viraliza nas redes sociais

Filhote de cachorro flagrado com óculos de sol em garupa de moto viraliza nas redes sociais

Vários moradores registraram a cena curiosa

Vários moradores registraram a cena curiosa

Publicada há 1 semana

Da Redação

Imagens de um filhote de cachorro com óculos de sol sendo transportado dentro de uma mochila na garupa de uma motocicleta viralizaram nas redes sociais e têm chamado a atenção em São José do Rio Preto.

A cena curiosa foi registrada por diversos moradores em ruas e avenidas. Em uma das fotos, o animal aparece até com um gorrinho de Papai Noel. Mas até agora, ninguém sabe quem é o motorista que carrega o animalzinho.

A enfermeira Soraya Zerati Pequito, de 50 anos, foi uma pessoas que conseguiram fazer o registro. Ela afirma que estava pela Rua General Glicério, região central do município, quando viu o cão confortavelmente acomodado e olhando o movimento dos veículos.

Soraya diz que nunca havia visto um cachorro sendo transportado dessa maneira, mas que achou a atitude do motociclista muito bacana.

“Se eu pudesse, eu teria ido atrás para conversar com ele, mas não fiz para não assustar o cachorrinho. Eu realmente amei a atitude do dono. Somente quem tem um pet sabe como é ter amor e querer levá-lo para todo lado”, afirma a enfermeira.

Quem também fez questão de tirar fotos ao se deparar com a amizade entre o animal e o dono foi o proprietário de um pet shop localizado no bairro Jardim Urano.

Luciano Fernandez afirma que o motociclista foi até o estabelecimento comercial para marcar um horário para seu fiel escudeiro e que resolveu fazer o registro no momento em que o homem subiu na motocicleta com o cachorro.

Infração ou não?

De acordo com o capitão da Polícia Militar, Ederson Merighi Pinha, é necessário fazer uma interpretação sistêmica do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

“O código considera animais como carga. Então, vamos imaginar que o cão fosse um pacote. Pelas fotos, podemos ver que ele está bem acondicionado e não está gerando perigo. Então, não vislumbro infração”, afirma Ederson.

Ainda de acordo com o capitão da Polícia Militar, se o agente entender que, por causa do animal, o motociclista está perdendo a atenção, a situação pode gerar uma infração enquadrada no artigo 169, que diz que é proibido dirigir sem os cuidados indispensáveis à segurança.

“Em relação ao artigo 235, que diz que é proibido transportar animais nas partes externas dos veículos, não vislumbro infração. Sobre o artigo 252, que afirma que é proibido transportar pessoas, animais e objetos entre os braços e pernas, também não vejo infração”, diz o capitão da PM.


Fonte: G1

últimas