POLÍTICA

Pessuto: má fase? Só uma marolinha? Um desgaste ou até desistência?

Pessuto: má fase? Só uma marolinha? Um desgaste ou até desistência?

Ações da Promotoria no pré-eleitoral reascende esperanças oposicionistas

Ações da Promotoria no pré-eleitoral reascende esperanças oposicionistas

Publicada há 3 semanas


André Pessuto: Que Faseeee!

Como diria o narrador futebolístico global Milton Leite. Definitivamente, o alcaide fernandopolense deve estar passando por seu inferno astral. Inicialmente a denúncia ministerial a imputar-lhe desvios de recursos públicos com a finalidade de bancar uma viagem particular ou sem fins administrativos e, após, nem bem conseguindo recuperar o fôlego, sobrevém outra: contratação supostamente irregular de 164 comissionados na Prefeitura, cumulativamente a pedido de bloqueio de bens no valor de até R$ 600 mil.

Ambas aportam no pior momento possível, pois é inevitável desvencilhar a figura do atual prefeito com a de futuro recandidato e, nada pior que um contencioso judicial para abastecer a ala oposicionista. Dois então! E olhe que mais podem surgir e mesmo que não surjam, muitas manchetes de jornais e sites brotarão do prédio da Justiça Estadual local brevemente.


Mas vida que segue! E no mundo virtual melhor ainda!

Tentado demonstrar despreocupação com as acusações, Pessuto segue expediente normal (para os tempos pandêmicos logicamente) na Prefeitura, inclusive usando e abusando de um de seus prediletos passatempos: postar feitos governamentais nas redes sociais, tais como a obra de asfaltamento da Aldo Livoratti e a aquisição de novos playgrounds para as escolas municipais, divulgadas nesta semana.

Quando instado a se pronunciar sobre as denúncias, relativo à primeira, afirma que irá provar a total improcedência, que a viagem foi feita a trabalho e que o valor retirado (R$ 2 mil) foi parcialmente restituído após descontadas despesas oficiais.

Com formação artística, é óbvio que Pessuto consegue, melhor que a imensa maioria dos mortais, demonstrar segurança nas palavras, mas os bastidores já fervem, oscilando entre dois extremos: nada de mais relevante acontecerá, pregado pelos governistas mais apaixonados, até a desistência da reeleição, decantada pelo oposicionistas mais extremados.


Uma marolinha, defendem os fiéis agregados

Lembrando a reação do então presidente Lula-PT frente à crise econômica mundial de 2008, muitos dos mais próximos ao atual prefeito pregam se tratar apenas de eventos isolados e atípicos, com efeitos parcos e que renderá prejuízos limitados à campanha pela reeleição. Enxergam eles que o embate com o Ministério Público Estadual será amplamente favorável ao governo municipal, pois as sentenças judiciais poderão até favorecê-lo, enaltecendo sua retidão à frente da gestão pública, sobretudo em caso de absolvição ou sentenças liminares favoráveis.


Irá desgastá-lo tanto que pode até desistir da recandidatura, bradam os exaltados

Eis o outro lado extremado, apregoado, sobretudo, por oposicionistas mais radicais. Ambas as denúncias provocarão enorme desgaste em Pessuto, de modo a fazê-lo, em última instância, desistir da reeleição, avaliam. Alguns veem probabilidades de sentenças desfavoráveis, ainda que não definitivas, surgirem no crítico período eleitoral, causando enormes estragos na campanha política. Já há até mesmo aqueles que afirmam iniciar-se um movimento dentro de ao menos dois partidos que devem coligar-se à candidatura governista, que visa antecipar uma mudança no nome a encabeçá-la, ou , no mínimo, preparar alguém para eventual substituição.

Como na maioria das vezes, razões sempre faltam às posições extremadas, um meio termo seria a previsão mais coerente no momento.


E a saga tucana permanece

Desde terça-feira, 07, alguns dos mais graduados tucanos daqui estão afiando os bicos na capital paulista. Na pauta uma tentativa de composição, ou, se não possível, a definição dos rumos do diretório municipal e, por consequência, do rumo a tomar no pleito de novembro.

Ainda permanecem abertas as três possibilidades aqui decantadas:

- Analice Fernandes, através de seu assessor Neuclair Félix, mantém o comando do partido e lá se vão eles integrar uma coligação majoritária com o DEM de Pessuto;

- Gilmar Gimenes retoma o comando e lança candidatura própria, sua pessoalmente, como se delineava tempos atrás, ou de outro de seus membros mais próximos;

- A ala tradicionalista, integrada, dentre outros, pelo advogado Artur Silveira, vence a batalha interna e tudo se torna possível: candidatura própria, neutralidade ou até coligação surpreendente.


O município que menos perdeu empregos na pandemiaTrabalhadores enfrentam risco de desemprego ascendente na região. Foto: Ilustração / https://tripamar.com.br/ 

Em 2019 o número foi positivo e um dos maiores da região, resultando na geração de 136 postos de empregos formais, enquanto que vizinhos de porte assemelhado ficaram no negativo ou abaixo (Jales – 104 e Votuporanga +32). E adentrando os dados de 2020, já agregados os índices de Maio e, portando, refletindo os efeitos da pandemia do coronavírus, Fernandópolis ainda é a cidade que menos empregos formais perdeu na região.

De Janeiro a Maio o saldo é negativo em 102 postos de trabalho fechados; em Santa Fé o número é de -789; em Votuporanga de -682 e em Jales de -172. Mas, apesar do índice santa-fé-sulense, o destaque negativo maior, proporcionalmente ao número de habitantes, fica com Estrela d´Oeste. No município de pouco mais de 8 mil habitantes já se perderam 239 empregos formais nestes primeiros cinco meses de 2020.


Críticas às inaugurações? Como assim?Prefeito João Dado junto a outras cinco pessoas em recente solenidade pública de inauguração. Foto: Divulgação PM Votuporanga

Fácil explicar. Completamente incompreensível formalizar solenidades presenciais que provoquem ou possam provocar aglomerações de pessoas nessa época pandêmica. Pois, apesar de entregar essas importantes benfeitorias, o prefeito João Dado, cada vez em maiores dificuldades para viabilizar sua recandidatura à Prefeitura de Votuporanga, acompanhado de apenas algumas “testemunhas” (ou seriam gatos pingados?) descerrou as placas de uma nova rotatória viária no Pacaembu e duas novas avenidas.

Sobre os bastidores eleitorais, os já pré-candidatos Jorge Seba-PSDB e Hery Kettwinkel-PTB, estão em fases adiantadas de composição dos grupos, enquanto que Dado permanece silente quanto ao seu (e de dos afiliados) futuro político.


26 mil leitos começam a ser reabertos em estância turísticaImagem aérea de um dos parques aquáticos de Olímpia. Foto: Revista Hotéis

Contando com aproximadamente 26 mil leitos, frutos de 22 hotéis, 55 pousadas, dois hotéis-fazenda, dois hostels, um flat e seis resorts, além de casas de temporadas, a estância turística de Olímpia começa a abertura gradual da rede hoteleira na próxima sexta-feira, 17. Pelo planejamento do prefeito Fernando Cunha-PSD, a operação inicial começará com 25% da capacidade de cada estabelecimento, subindo para 50% após 30 dias de funcionamento sem intercorrências graves, até atingir a capacidade plena.

Mas nem só boas novas foram anunciadas, pois os gigantescos parques aquáticos e o dos Dinossauros continuam fechados e sem previsão de reabertura.

Dimensionando, o turismo por lá rende R$ 1,5 bilhão anualmente, respondendo por quase 65% da economia municipal.


- Facebook derruba contas do clã Bolsonaro. A rede social confirmou que desarticulou uma rede de contas, páginas e grupos no Facebook e no Instagram ligadas ao presidente Jair Bolsonaro, seus filhos Flávio e Eduardo, além de políticos do PSL. As contas eram, segundo a empresa, usadas para disseminarem Fake News políticas e eleitorais, críticas aos oposicionistas e poderes da República, organizações sociais e jornalistas.

- Pedidos de falência e recuperação judicial em alta. Os pedidos de falência voltaram a subir e registraram alta de 28,9% em junho. Já os pedidos de recuperação judicial, as falências decretadas e as recuperações judiciais deferidas aumentaram 82,2%, 93,0%, e 103,3%, respectivamente. Os dados são da Boa Vista.

- Coronavírus: não é somente Bolsonaro. Praticamente 30% dos membros dos Executivos estaduais já foram contaminados pela Covid-19, dentre eles Wilson Witzel-PSC, do Rio de Janeiro. No rol dos prefeitos, há o de São Paulo, Bruno Covas-PSDB, e Manaus e Arthur Virgílio-PSDB. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e os ministros Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional, e Bento Albuquerque, de Minas e Energia também positivaram.

- Nas ondas do rádio e na contramão da tendência. Aposta ambiciosa do empresário José Faria, do Grupo Faria e patriarca da Constroeste. Já está em operação os novos estúdios da 40 Graus FM de Rio Preto, suntuosamente instalado na área central da cidade com 500 metros quadrados e com direito até a auditório.


"Nós estamos aqui, em oração, e desejando o seu pronto restabelecimento. E mais uma vez , afirmo: o momento é da união de forças para juntos combatermos essa pandemia".Do deputado federal fernandopolense, logo após receber a notícia da confirmação da testagem positiva do presidente Jair Bolsonaro.



últimas