POLÍTICA

Após péssima repercussão, Governo de SP irá recapear a Percy Waldir Semeghini

Após péssima repercussão, Governo de SP irá recapear a Percy Waldir Semeghini

Veja também: Vereador leva pizzas na sessão e diz que "vereadores têm preço"

Veja também: Vereador leva pizzas na sessão e diz que "vereadores têm preço"

Publicada há 1 ano

Após péssima repercussão, Governo de SP irá recapear a Percy Waldir Semeghini

A esdrúxula informação foi dada, em primeira mão, em nossa Coluna .Inside de terça-feira, 15: o Governo de SP não incluiu aquela que é uma das principais artérias rodoviárias da região (quiça do Estado) no programa de R$ 1,08 bilhão de recuperação e recapeamento, lançado naquela data e que contemplou inúmeras outras rodovias vicinais da região em muito melhores condições de trafegabilidade e, principalmente, com importância reduzida, sopesando critérios econômicos, sociais e de número de usuários.

Pois eis que novamente, após a veiculação por aqui e ampla repercussão regional, eis que a cúpula do Palácio dos Bandeirantes viu-se premida pelo imensurável erro e resolveu corrigi-lo e prepara para a próxima segunda-feira, 21, um cerimonial no Palácio dos Bandeirantes, com prefeitos da região e João Doria inclusos, visando anunciar a recuperação da Rodovia Percy Waldir Semeghini, a SP-543. Alex Sakata, prefeito de Ouroeste, acompanhado do secretário de Governo Daniel Barboza Brito, confirmou presença.

A obra deve ser empreendida pela Secretaria de Desenvolvimento Regional, sob a direção do catanduvense Marcos Vinholi e deve ter orçamento separado do Programa Novas Estradas Vicinais, até porque, tecnicamente, ela não é enquadrada como uma "vicinal".

Só lembrando e enaltecendo a importância dessa via, ela interliga a SP-320 - a Euclides da Cunha - com o Estado de Minas Gerais, nascendo em Fernandópolis e indo até Ouroeste, na fronteira com Iturama-MG, passando por Brasitânia, Guarani d´Oeste e Ouroeste.

Também é o meio de acesso à Usina Hidrelétrica de Água Vermelha e da solar de Ouroeste, além de "caminho" para o Estado de Mato Grosso do Sul.

Inexplicável o descaso atual.

"Já sabia que tudo terminaria em pizza; vereadores têm preço em Votuporanga"

O parlamentar municipal levou três caixas de pizzas para a sessão da Câmara. Foto: Divulgação/Assessoria

O inconformismo do vereador Cabo Renato Abdala (Patriota) não poderia ter sido mais apoteótico.

Ele ingressou na sede da Câmara de Vereadores de Votuporanga na sessão ordinária da última segunda-feira, 14, com três caixas de pizza, afirmando que "já sabia que tudo terminaria em pizza".

O cabo referia-se ao arquivamento da Sindicância Administrativa promovida pela Prefeitura Municipal que tinha como objetivo apurar denúncias de fura-filas no programa municipal de vacinação contra o Coronavírus. Segundo o relatório final da Corregedoria Geral do Município, não ficou provada nenhuma irregularidade cometida por servidores públicos municipais.

Abdala, que propôs a formação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) e que acabou rejeitada, para investigar desvios, afirmou que, em Votuporanga, "os vereadores têm preço" e que "fica a sensação de que o crime compensa".

Foram várias as denúncias publicadas em redes sociais e na imprensa regional a respeito de vacinas aplicadas em pessoas com desobediência à ordem prioritária, sendo que ainda há investigações em curso na Polícia Civil e no Ministério Público Estadual.

Autorizada a construção de aeroporto internacional de R$ 100 milhões na região

O prefeito Fernando Augusto Cunha. Foto: Divulgação/P.M. Olímpia

O conteúdo original foi publicado na Coluna .Inside de quarta-feira, 16.

R$ 100 milhões!

Eis a quantia estimada para a construção do aeródromo da turística cidade de Olímpia e que foi, finalmente, autorizado pela União, através da Secretaria Nacional de Aviação Civil, na última segunda-feira, 14.

O local já estava estrategicamente escolhido: entre Olímpia e Guapiaçu (a 30 quilômetros de Rio Preto e a 20 quilômetros de Olímpia), em área marginal à Rodovia Assis Chateaubriand e deve abrir a maior pista de pouso e decolagem da região noroeste paulista: com 2.250 metros de comprimento por 45 metros de largura. O aeródromo rio-pretense tem 1.640 metros de comprimento por por 35 de largura.

E tem mais: será internacional!

Tais dimensões de pista permitirão que os principais aviões comerciais que operam no continente — Airbus A320 e Boeing 737 — operem sem limitações de peso e capacidade no local, um dos problemas enfrentados em Rio Preto.

Segundo o governo municipal olimpiense, todo o projeto deve ser executado com recursos da iniciativa privada e estar concluso e operante em 2026.

Lembrando que pelos dados de 2019, o último ano "normal", Olímpia, com 55 mil habitantes, recebeu quase 3 milhões de turistas.

Enquanto isso...

  • O Diário Oficial da União de hoje, 15, publicou portaria do Ministério de Infraestrutura autorizando a reabertura do aeroporto de Jales para pouso e decolagens, após um recapeamento de R$ 750 mil feito pelo atual governo municipal.
  • O vereador fernandopolense Julinho Barbeiro publicou em sua página no Facebook imagens do aeroporto municipal "Coronel Aviador Carlos Orleans Guimarães ", afirmando que o local está recebendo melhorias patrocinadas pela iniciativa privada.

SP investe R$ 1 bi na recuperação de vicinais. Confira os municípios beneficiados na região

Autoridades estaduais no cerimonial de lançamento da 1ª etapa do programa. Foto: Gov. Estado de SP

O conteúdo original foi publicado na Coluna .Inside de quarta-feira, 16.

O governo paulista anunciou o rol de municípios contemplados com o programa Novas Estradas Vicinais, que vai beneficiar mais 140 vias com 1.531 quilômetros de melhorias e investimentos de R$ 1,08 bilhão em recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). O programa, coordenado pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem), no total prevê investimentos de R$ 2,29 bilhões e geração de 25 mil empregos, entre vagas diretas e indiretas.

Uma nova fase, com outros contemplados, deve ser divulgada ainda neste ano pela Secretaria Estadual de Logística e Transporte, a qual deve priorizar o asfaltamento de vicinais, ao contrário da atual, que tem foco na recuperação.

Somando as duas fases, são 279 vicinais beneficiadas e 3.094 quilômetros de melhorias, sendo que as obras desta primeira etapa devem começar em Julho.

A principal ficou de fora*

Estranhamente, a mais necessitada, devido à precariedade de seu estado de conservação, e também uma das mais movimentadas da região (senão a mais), ficou de fora da contemplação.

A via Percy Waldir Semeghini, a SP-543, que interliga Fernandópolis a Ouroeste, indo até a Usina Hidrelétrica de Água Vermelha, na confluência com Iturama, no estado de Minas Gerais e servindo de escoamento agrícola também de Mato Grosso do Sul, não terá seus cerca de 53 quilômetros recapeados ou recuperados (ao menos nesta primeira etapa).

*Observação: vide primeiro tópico desta coluna.

Na microrregião:

Por aqui as obras têm previsão de gastos na ordem de R$ 50,8 milhões, distribuídas nas seguintes estradas vicinais/municípios:

- Vicinal CDS-060, trecho vicinal Cardoso (SP-461, SP-527), em Cardoso e Mira Estrela, com 27,9 kms. Valor estimado: R$ 14.240.798,02;

- Vicinal NV20 / MRE 050, entre Mira Estrela, Indiaporã e Ouroeste, com 24,7 kms. Valor estimado: R$ 17.081.000,69;

- Vicinal FND-050, ligação entre Fernandópolis e São João das Duas Pontes, com 15,9 kms. Valor estimado: R$ 10.652.611,58;

- Vicinal VLG-355, trecho até o acesso Córrego Viradouro, em Valentim Gentil, com 3,5 kms. Valor estimado: R$ 1.330.769,89;

- Vicinal VLG-353, trecho até o dispositivo acesso ao Bairro Viradouro, em Valentim Gentil, com 14,5 kms. Valor estimado: R$ 7.592.535,72.

Na macrorregião:

Considerando a DR 09 do DER, que abrange os municípios da macrorregião rio-pretense, são 23 vicinais beneficiadas, que somam investimentos do Governo de SP de R$ 200,9 milhões em 317,2 kms de melhorias:

- Vicinal TAB-010, trecho SPA 395/310, até a divisa com Olímpia (DR 14), em Tabapuã, com 13,7 kms. Valor estimado: R$ 8.256.572,45;

- Vicinal IRP-146, trecho rodovia SP-304, em Irapuã, com 7,2 kms. Valor estimado: R$ 4.554.926,43;

- Vicinal JCI-341, entre vicinal Nova Aliança (SP-355), BR-153, em Jaci e Nova Aliança, com 21,4 kms. Valor estimado: R$ 12.705.622,02;

- Vicinal NVA-010, trecho vicinal Nova Aliança (SP-355), em Nova Aliança e Potirendaba, com 13,7 kms. Valor estimado: R$ 6.819.813,30;

- Vicinal NV20 / PDM - 040, trecho vicinal Pindorama, acesso à Usina Sucroalcooleira Santa Adélia, em Pindorama, Ariranha e Santa Adélia, com 11,6 kms. Valor estimado: R$ 9.744.270,95;

- Vicinal CTV-010 / NOV- 030, entre Catanduva, Tapapuã e Novais, com 13,5 kms. Valor estimado: R$ 6.336.665,09;

- Vicinal SAD-132, trecho da vicinal Santa Adélia até a Rodovia SP 310 (Distrito de Botelho), em Santa Adélia, com 7,3 kms. Valor estimado: R$ 4.766.760,15;

- Vicinal ADF-040, trecho vicinal Adolfo, ligação com o rio Tietê, em Adolfo, com 10,6 kms. Valor estimado: R$ 4.947.146,46;

- Vicinal CDS-060, trecho vicinal Cardoso (SP-461, SP-527), em Cardoso e Mira Estrela, com 27,9 kms. Valor estimado: R$ 14.240.798,02;

- Vicinal NV20 / MRE 050, entre Mira Estrela, Indiaporã e Ouroeste, com 24,7 kms. Valor estimado: R$ 17.081.000,69;

- Vicinal PRS-070, entre vicinal Parisi (SP-461 e SPA-350/320), em Parisi e Pedranópolis, com 12,9 kms. Valor estimado: R$ 7.568.934,38;

- Vicinal TRF-192, trecho entre vicinal Três Fronteira (SP-595) e Palmares D'Oeste (SP-563), em Três Fronteiras, Santana da Ponte Pensa e Palmeira D'Oeste, com 28,9 kms. Valor estimado: R$ 19.554.138,25;

- Vicinal CRM-319, trecho entre vicinal Cosmorama, bairro Scribone até Américo de Campos, em Cosmorama e Américo de Campos, com 25,1 kms. Valor estimado: R$ 16.320.134,61;

- Vicinal FND-050, ligação entre Fernandópolis e São João das Duas Pontes, com 15,9 kms. Valor estimado: R$ 10.652.611,58;

- Vicinal NV20 AVF-020, trecho entre Álvares Florence e Votuporanga, com 10,2 kms. Valor estimado: R$ 10.726.847,12;

- Vicinal VTG-020, trecho da rodovia SP-461, em Votuporanga e Parisi, com 9,4 kms. Valor estimado: R$ 5.556.927,73;

- Vicinal PLO-030, trecho entre a vicinal Palmeira D'Oeste e Dallas, em Palmeira D'Oeste, com 15,5 kms. Valor estimado: R$ 10.490.181,20;

- Vicinal SAL-020, trecho até o Centro de Lazer (Praia Richilieu), em Sales, com 7,2 kms. Valor estimado: R$ 2.968.000,00;

- Vicinal VLG-355, trecho até o acesso Córrego Viradouro, em Valentim Gentil, com 3,5 kms. Valor estimado: R$ 1.330.769,89;

- Vicinal CDS 040, trecho da SP 461 até o Povoado de Vila Alves, em Cardoso, com 4,0 kms. Valor estimado: R$ 2.637.879,52;

- Vicinal VLG-353, trecho até o dispositivo acesso ao Bairro Viradouro, em Valentim Gentil, com 14,5 kms. Valor estimado: R$ 7.592.535,72.

- Vicinal CTV-030, faz a ligação entre vicinal de Catanduva até o acesso entre Pindorama e Palmares Paulista, em Catanduva e Pindorama, com 6 kms. Valor estimado: R$ 3.967.523,82;

- Vicinal PTR - 030, trecho da SP 379, em Ibirá e Potirendaba, com 12,5 kms. Valor estimado: R$ 12.112.886,88.

“Em vinte dias nós tivemos noventa e um casos de crianças e adolescentes contaminados, já com sintomas e algumas com sintomas graves”.

Do prefeito de Fernandópolis, comentando, em live na quarta-feira, 16, sobre a evolução infecciosa do Coronavírus no município, que migrou do grupo de idosos e está passando a contaminar os jovens e crianças com menos de vinte anos. Ele emitiu um decreto limitando a circulação deles em vários ambientes públicos.

Sessão: só daqui a 49 dias

Salvo imprevistos decorrentes de convocações para deliberações extraordinárias convocadas pelo prefeito ou pelo próprio presidente do Legislativo, os vereadores fernandopolense somente se reunião ordinariamente no próximo dia 03 de Agosto. A última sessão ocorreu na terça-feira, 15 e, após, os edis entraram no recesso de meio de ano.

Vereadores rejeitam pulseiras para infectados

E o polêmico projeto apresentado pela Prefeitura de Jales, de identificar, por meio de uma pulseira, todas as pessoas com suspeitas, confirmação ou sintomas de Covid-19, acabou sendo rejeitado pela maioria dos vereadores em sessão ordinária ocorrida na segunda-feira, 14. O placar foi apertado: votaram a favor do projeto: Hilton Marques, Deley Vieira, Carol Amador e Elder Mansueli. Foram contrários Riva Rodrigues, João Zanetoni, Ricardo Gouvea, Andrea Moreto e Bruno de Paula.

200 quarteirões de recape

O prefeito Jorge Seba (PSDB) lançou nesta semana a versão 2021 do programa de recape. A previsão é de recuperação de 200 quarteirões em cinco bairros em Votuporanga. As obras ficam a cargo da Construtora Fama, de Bady Bassit e começam na próxima semana no Por do Sol.

Conciliação na Justiça entre prefeito e vereador

O prefeito Luís Henrique Moreira (PSDB) selou acordo judicial com o vereador Elder Masueli (PODE) em audiência ocorrida na quarta-feira, 16. Ao invés da indenização de R$ 10 mil e a retratação em redes sociais, Elder pagará 20 caixas de leite para o Fundo Social de Jales. Ele foi acusado pelo prefeito de denegri-lo, ao chamá-lo de "moleque" e "vagabundo".

19 de junho é o 170.º dia do ano no calendário gregoriano (171.º em anos bissextos). Faltam 195 para acabar o ano. É o Dia de São Romualdo, Dia do Migrante e do Cinema Brasileiro.

Acontecimentos:

325 — Apresentado o Credo Niceno original no Primeiro Concílio de Niceia.

1269 — Rei Luís IX da França ordena que todos os judeus encontrados em público sem um distintivo amarelo identificador sejam multados em dez libras de prata.

1944 — Segunda Guerra Mundial: primeiro dia da Batalha do Mar das Filipinas.

1949 — Primeira corrida da NASCAR é realizada no Charlotte Motor Speedway.

1961 — Kuwait declara independência do Reino Unido.

1970 — Assinado o Tratado de Cooperação em Matéria de Patentes em Washington, D.C.

1988 — Papa João Paulo II (foto abaixo) canoniza 117 mártires vietnamitas.



1991 — Termina a ocupação soviética da Hungria.

2012 — O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pede asilo na embaixada equatoriana em Londres por temer extradição para os Estados Unidos após a publicação de documentos previamente classificados, incluindo imagens de assassinatos de civis pelo Exército americano.

Nascimentos:

1566 — Jaime VI da Escócia e I de Inglaterra (m. 1625).

1623 — Blaise Pascal, filósofo, físico e matemático francês (m. 1662).

1717 — Johann Stamitz, violinista e compositor tcheco (m. 1757).

1731 — Joaquim Machado de Castro, escultor português (m. 1822)

1792 — Gustav Schwab, escritor alemão (m. 1850).

1842 — Walter Bache, pianista e maestro britânico (m. 1888) e Carl Zeller, compositor austríaco (m. 1898).

1915 — Julius Schwartz, editor de revistas e quadrinhos estadunidense (m. 2004).

1922 — Aage Niels Bohr, físico dinamarquês (m. 2009).

1923 — Gervásio Baptista, fotojornalista brasileiro (m. 2019).

1944 — Chico Buarque (foto abaixo), músico, cantor, compositor, teatrólogo e escritor brasileiro.

1953 — Sidney Magal, cantor e ator brasileiro.

1973 — Letícia Spiller, atriz brasileira.

1977 — Davi Alcolumbre, político brasileiro.

1995 — Raphael Veiga, futebolista brasileiro.

Falecimentos:

405 — Moisés, o Negro, religioso etíope (n. 330).

1027 — Romualdo de Ravena, fundador da Ordem dos Camaldulenses (n. 956).

1617 — António Pinheiro, compositor português (n. 1550)

1918 — Francesco Baracca, conde e aviador italiano (n. 1888).

1924 — Adolphus William Ward, historiador e intelectual britânico (n. 1837).

1937 — J. M. Barrie, escritor britânico (n. 1860).

1993 — William Golding, escritor, dramaturgo e poeta britânico (n. 1911).

1995 — Peter Townsend, militar e aviador britânico (n. 1914).

2004 — Óscar Bento Ribas, escritor e etnólogo angolano (n. 1909).

2019 — Rubens Ewald Filho (foto abaixo), jornalista, crítico de cinema, apresentador, ator, cineasta e diretor teatral brasileiro (n. 1945).

últimas