AGORA!

Manifestantes protestam contra corte de direitos do funcionalismo

Manifestantes protestam contra corte de direitos do funcionalismo

Se passar proposta do governador Doria, nem abonada sobrará

Se passar proposta do governador Doria, nem abonada sobrará

Publicada há 5 meses

Apeoesp apoia ato em Fernandópolis

João Leonel

Manifestantes estão se reunindo neste momento na Praça da Matriz de Fernandópolis para um protesto.

Professores, profissionais da Educação e o funcionalismo público em geral estarão unidos em âmbito nacional contra a PEC 32/20 (Reforma Administrativa do governo federal).

Especialmente em São Paulo, o magistério também chamará a atenção para o Projeto de Lei Complementar (PLC) 26/21, do governador João Doria; pelo descongelamento salarial; reajuste de 29,25% para equiparação ao piso nacional; contra o sucateamento e o aumento das contribuições para o Iamspe e pelo fim do confisco previdenciário dos aposentados e pensionistas.

O governador João Doria (PSDB) enviou para a Assembleia Legislativa (Alesp), no início de agosto, o PLC 26/21, que será discutido nas comissões com urgência. Serão 45 dias para tramitação. 

O Projeto de Lei Complementar retira mais direitos dos professores, profissionais da Educação e do funcionalismo público como um todo. Em resumo, o Governo do Estado de SP quer aplicar uma espécie de reforma administrativa em São Paulo, antecipando a PEC 32/20 do governo federal Jair Bolsonaro e Paulo Guedes (ministro da Economia).

Os funcionários públicos não aceitam o corte de direitos que afetará toda a classe.

A APEOESP apoia o ato e estará presente.

Dentro de instantes, novas informações. 

últimas