POLÍTICA

PESQUISA SP: Tarcísio e Rodrigo empatados em tudo; Haddad, com folga, lidera

PESQUISA SP: Tarcísio e Rodrigo empatados em tudo; Haddad, com folga, lidera

R$ 62 milhões! Pavimentação nos 24 km da vicinal Macedônia/Indiaporã

R$ 62 milhões! Pavimentação nos 24 km da vicinal Macedônia/Indiaporã

Publicada há 1 mês

PESQUISA SP: Haddad (PT) na frente com Tarcísio e Rodrigo empatados em tudo

Arte: Jornal O Extra.net

Nova rodada de pesquisa eleitoral relativa à sucessão paulista foi divulgada na quinta-feira, 30. Realizada nos dias 28 e 30 de junho em 61 cidades pelo Datafolha, com margem de erro de dois pontos percentuais e registrada no TSE sob número SP-02523/2022, ela traz um quadro bem delineado com a liderança estabilizada de Fernando Haddad (PT), tanto no cenário espontâneo como no estimulado e uma intensa disputa entre Tarcísio de Freitas (Republicanos) e Rodrigo Garcia (PSDB).

Circunscrevendo-nos ao quesito estimulado e já com o cenário (mais provável) que exclui o pessebista Márcio França, que deve anunciar, brevemente, a desistência dessa disputa e o ingresso no pleito Federal (Senado) temos que Haddad lidera com 34% das intenções de votos, seguido de Tarcísio com 13% e de Rodrigo com idêntico índice. Após vem Gabriel Colombo (PCB) com 3% e Felício Ramuth (PSD) e Altino Júnior com 2%. Demais pleiteantes ficaram com 1% ou menos.

Clique aqui ou aqui para a pesquisa completa.

E a disputa entre Rodrigo e Tarcísio ficou ainda mais acirrada!

Além de deterem o mesmo índice de citações de votos, desfrutam também do mesmo nível de rejeição. Ambos são refutados por 16% dos entrevistados (Haddad por 35% e França por 20%).

*No cenário, com França, Haddad tem 28% e o ex-governador aparece em segundo, com 16%; Tarcísio de Freitas fica com 12% e Rodrigo Garcia, com 10%, em empate técnico (dentro da margem de erro).

*Conteúdo originalmente publicado na Coluna .Inside de quinta-feira, 30/06/2022.

Os dados provêm do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED); foram compilados por Valdir Cardoso, no Blog do Cardosinho e são relativos ao mês de maio de 2022.

Dentre as cidades de maior porte, na região noroeste paulista, Fernandópolis tornou a liderar a geração de novos postos de trabalho com saldo positivo de 204 empregos; Santa Fé do Sul criou 28; Jales 26 e Tanabi outros 25. Em Rio Preto, hors concurs devido ao porte regionalmente incomparável, o saldo foi positivo em 1.087 vagas, resultado de 7.051 admissões e 5.964 demissões.

Pelo prisma negativo ficou Votuporanga, outrora líder absoluta na geração de novas oportunidades, com saldo negativo com fechamento de 84 vagas e Mirassol que descerrou mais 24 postos de trabalho.

Considerando o saldo dos cinco primeiros meses de 2022, Fernandópolis contabiliza 703 novos empregos, Mirassol registra 202, Tanabi soma 83, Santa Fé do Sul apresenta saldo de 76 novos empregos e Jales de 09. Rio Preto acumula 3.363 saldos de emprego formais no ano.

Votuporanga é o destaque negativo, com 190 empregos fechados em cinco meses.

Enquanto isso...

- Nos municípios de menor porte, Ouroeste vem se destacando neste ano com saldo positivo de 125 postos de trabalho consolidados; Palmeira D’Oeste somou 25, Paranapuã 26, Santa Albertina 27 e Pontalinda 30;

- Nos vizinhos interestaduais, Iturama (MG) surfou na inauguração do novo terminal da Rumo em parceria com a Coruripe, num investimento de R$ 95 milhões e produziu 1.293 empregos nos cinco primeiros meses do ano; Aparecida do Taboado (MS) também ostenta números expressivos com 855;

- Na métrica Brasil, no mês de maio, registrou-se a abertura de 266.224 novas vagas com carteira assinada, fruto de 1.960.960 de admissões e 1.683.942 de demissões.

Vai faltar quarteirão!

Além dos R$ 6 milhões que já estão sendo investido no programa de recuperação de ruas e marginal, num total de 140 quarteirões, o prefeito de Votuporanga Jorge Seba (PSDB) confirmou que conseguiu mais R$ 13 milhões com a mesma finalidade. O recurso vem do governo estadual e é fruto da atuação parlamentar de Carlão Pignatari.

E por falar em pavimentação...

Uma das mais antigas reivindicações regionais será atendida, segundo o prefeito de Macedônia Reginaldo Marcomini (PSDB). Uma verba de R$ 62 milhões, também estadual, será destinada à pavimentação dos 24 quilômetros da via que interliga Macedônia a Indiaporã. O convênio foi assinado nesta semana.

Datena: que vergonha mais uma vez!

Novamente (pela quarta vez), o apresentador da Band José Luiz Datena (PSC) abandonou o ingresso na vida política às vésperas da definição. Desta vez, cotado para a disputa no Senado Federal pela coligação encabeçada por Tarcísio de Freitas (Republicanos), ele desistiu poucas horas após receber o apoio oficial do presidente Jair Bolsonaro (PL).

França no lugar?

O ato de Datena deve facilitar a situação de Márcio França (PSB). Cotado para a disputa governamental estadual, ele deve desistir desse cargo, declarar apoio à candidatura de Fernando Hadddad (PT) e tentar ser eleito para o Senado. Anteriormente, quem liderava as pesquisas era o apresentador, com França em segundo e Carla Zambelli (PL) em terceiro.

Fiesp/Ciesp: terceira queda

As vendas reais da indústria de transformação paulista contraíram 0,7% no mês de maio na comparação com abril, quando houve crescimento de 2,4%, conforme aponta o Levantamento de Conjuntura Fiesp/Ciesp. É a terceira redução das vendas reais da indústria paulista nos 5 meses de 2022 (além de maio, houve queda de 1,2% em fevereiro e de 1% março). 

Câmara: recesso até agosto

Com aprovação de 15 projetos, incluindo a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que estimou a receita para 2023 em R$ 332 milhões, vereadores fernandopolenses fecharam o primeiro semestre, entraram em recesso e só tornam em agosto. Diversos convênios foram liberados, a maioria para pavimentação e recapeamento.

Triunvirato na região

O noroeste paulista, em especial Rio Preto, foi incluído de vez no mapa estadual do voto. Prova atual é que três dos quatro principais nomes da disputa palaciana marcam (ou marcariam) presença recente. Na quinta, 30, foi o governador Rodrigo Garcia (PSDB); na segunda, 04, é o ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos) e, no meio de ambos (no sábado, 02), o ex-governador Márcio França (PSB), que também passaria por Olímpia e Barretos. Passaria, pois, sem maiores explicações, cancelou a visita.

 


últimas