POLÍTICA

Empregos! Junho desastroso para Jales, Fernandópolis e Votuporanga: -908 vagas

Empregos! Junho desastroso para Jales, Fernandópolis e Votuporanga: -908 vagas

E mais! Arrecadação de Fernandópolis cresce 17% no 1º trimestre. Reação pós-pandêmica?

E mais! Arrecadação de Fernandópolis cresce 17% no 1º trimestre. Reação pós-pandêmica?

Publicada há 1 mês

Empregos! Junho desastroso na região com perda de 908 vagas

Resultado de imagem para VikstarSede da empresa Vikstar em Votuporanga, responsável pela maior fatia dos índices negativos da região. Foto: Divulgação/Arquivo

Não bastasse a infindável crise pandêmica e suas variantes; a falta contumaz de chuvas reacendendo a possibilidade de apagões; o frio intenso a assolar os últimos dias, dentre outros problemas que vivenciamos ultimamente, eis que nova razão surge a causar preocupação na região noroeste paulista, sobretudo em Fernandópolis, Jales e Votuporanga, outrora imune a essa peste que já infestou o país: o desemprego.

Após índices positivos seguidos (com parcas interrupções) eis que as três principais cidades do noroeste acumularam, juntas, 908 fechamentos de empregos no mês de junho. Um verdadeiro desastre e, muito provavelmente, o pior mês (ou um dos piores meses do índice histórico dessa pesquisa do Caged).

Porém, individualizando as resultantes, temos que a 'culpabilidade' pelo desastre provém, em maior parte, da 'próspera' Votuporanga, responsável, sozinha, pelo fechamento de 790 vagas - o pior resultado da década. Tal índice já era esperado e deriva das cerca de duas mil demissões da empresa Vikstar, nesta coluna antecipada (clique aqui para relembrar) e cujos resultados ainda devem perdurar nos dados relativos a julho.

Mas Fernandópolis e Jales também corroboraram, em menor grau, para a capitulação!

Aqui o mês fechou com -82 vagas (492 admissões e 574 demissões); no semestre - de janeiro a junho -, o saldo é positivo com mais 798 postos de trabalho. Nos últimos 12 meses, são 1.098 novos empregos formais.

Em Jales foram -36 empregos, sendo que de julho de 2020 a junho de 2021 o saldo é positivo de 540 vagas. Em 2021 são mais 114 novos empregados com Carteira de Trabalho assinada.

A exceção regional, dentre as maiores, ressalte-se, foi Santa Fé do Sul com variação positiva de 'apenas' 25 vagas.

Quiçá (e rezemos) os números de junho na região sejam uma exceção!

Há! No Brasil, em junho, levando em conta as contratações e demissões, o saldo é de 309.114 novas vagas. Nos seis primeiros meses de 2021, as contratações superaram as demissões também, resultando em um saldo positivo de 1.536.717. Já de julho do ano passado a junho deste ano, o país já acumula 2.914.885 novos empregos formais criados.

Fernandópolis: Arrecadação aumenta 17% no semestre

Prefeito Pessuto: números sinalizando para recuperação econômica. Foto: Reprodução/Revoluir

O dado é positivo mas ainda não dá para iniciar as comemorações.

A arrecadação da municipalidade fernandopolense cresceu 17,79%, considerando-se apenas os recursos próprios, num comparativo com o primeiro semestre de 2020. A informação provém do site Região SP.

No período atual, o arrecadado passou dos R$ 87,8 milhões, sendo que no ano passado ficou em R$ 74,5 milhões, o que significa, descontando a inflação de 4,52%, um incremento real de 13,27%.

Mas a base do comparativo - o primeiro semestre de 2020 - é frágil: justamente aquela mais afetada com a crise do Coronavírus, onde se concentrou a maior queda da economia nacional, estadual e também municipal, não servindo de parâmetro seguro para maiores conclusões. Porém o índice quantifica, ainda que palidamente, a reação das atividades econômicas esperada ainda com mais vigor no segundo semestre de 2021.

*Este conteúdo foi originalmente publicado na Coluna .Inside de 29/07/2021.

O deputado federal fernandopolense comemorou a nomeação do seu correligionário - o senador e presidente do PP Ciro Nogueira - para a chefia da Casa Civil.

A euforia de Pinato com o ato do governo federal chegou a surpreender pela contundência. Ele afirmou que "é um cargo estratégico do Governo Federal, que requer experiência, habilidade política e coragem. E isso, Ciro tem de sobra. Sua missão será promover o alinhamento político necessário para que o Governo seja mais eficiente em suas políticas públicas, principalmente na saúde e na economia".

Fausto compromissou-se publicamente a defender e apoiar as ações do novo ministro e disse que, "com diálogo, respeito e racionalidade, o nosso país voltará em breve aos trilhos do desenvolvimento social e econômico".

Otimista, o parlamentar previu que, se o presidente Bolsonaro ouvir os conselhos da legenda (o PP), recuperará a popularidade e conseguirá se reeleger em 2022.

Enquanto isso...

  • Após a paralisação no processo de ingresso de Bolsonaro no Patriotas, cresce a possibilidade dele migrar para o Progressista. Porém as negociações são complexas e, dificilmente, o presidente terá, nesse partido, o 'domínio total da legenda', que ele e seus filhos apregoam;
  • Crítico contumaz do governo federal nos últimos tempos, Pinato afirmou-nos que não mudará a postura, mas que o presidente deve parar de "dizer besteiras, sendo mais racional e pragmático e priorizando o interesse do país;
  • Se a presente aliança se confirmar e perdurar, a situação eleitoral de Pinato fica praticamente definida: apoiará Bolsonaro para a presidência e Alckmin para o governo estadual.

Inovação votuporanguense nas licitações

Vereadores de lá derrubaram, pelo apertadíssimo placar de oito a sete, o veto parcial imposto pelo prefeito Jorge Seba (PSDB) e, agora, todas as licitações públicas presenciais da administração pública direta e indireta deverão ser transmitidas, ao vivo, pela internet. A proposta foi do vereador Cabo Abdala (Patriota).

Não houve boicote a Alckmin, diz Garcia

O vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB) afirmou em Rio Preto, no último final de semana, que o 'boicote' para que prefeitos, vices e vereadores da região não participassem de encontro ocorrido com Geraldo Alckmin em Nhandeara, não passou de 'especulação' e de que não houve, de sua parte, qualquer ameaça aos que participaram do evento. A coluna reitera relato de diversos políticos no sentido oposto (relembre clicando aqui).

Liberando, aos poucos, geral

Será dado, na próxima segunda, 02, com extensão até o dia 09, aquele que promete ser até agora o maior passo rumo à flexibilização das restrições pandêmicas na região. No dia 02, as crianças votuporanguenses matriculadas na rede municipal, tornam às aulas presenciais, após decreto liberatório baixado pelo prefeito Jorge Seba (PSDB). Uma semana após, medida similar será aplicada em Fernandópolis e em Jales. Nas três cidades, os pais dos alunos poderão optar pelas aulas presenciais ou continuar com as remotas.

Promotor de RP para deputado federal?

O promotor de Justiça de Rio Preto Marcos Lelis é o mais novo pré-candidato a deputado federal na região. Ele se filiou na quinta, 29, ao Avante e se apresentou como pretendente ao cargo. O ato tem 'a benção' do presidente do partido, o deputado estadual Campos Machado, ex-chefão do PTB, em São Paulo. Lelis era filiado ao PSDB, partido no qual concorreu para a eleição legislativa municipal em 2020, recebendo 989 votos.

Do presidente, em live transmitida na quinta-feira, 29, após passar três anos afirmando que houveram fraudes eleitorais em 2014 e 2018 e que tinha provas desses ilícitos, as quais prometera apresentá-las. Bolsonaro convocou veículos de imprensa e usou a emissora pública de televisão para a transmissão em tempo real.

31 de julho é o 212.º dia do ano no calendário gregoriano (213.º em anos bissextos). Faltam 153 para acabar o ano. É o Dia Nacional da Mulher Africana e de Santo Inácio de Loyola.

Acontecimentos:

30 a.C. — Batalha de Alexandria: Marco Antônio consegue uma pequena vitória sobre as forças de Otaviano, mas a maioria do seu exército deserta depois, levando-o ao suicídio.

1492 — Os judeus são expulsos da Espanha quando o Decreto de Alhambra entra em vigor.

1498 — Em sua terceira viagem ao Hemisfério Ocidental, Cristóvão Colombo se torna o primeiro europeu a descobrir a ilha de Trinidad.

1913 — Os Estados dos Bálcãs assinam um armistício em Bucareste.

1948 — O USS Nevada é afundado por um torpedo aéreo após sobreviver a ataques de duas bombas atômicas (como parte de testes pós-guerra) e ser usado para a prática de alvos por três outros navios.

71 — Programa Apollo: os astronautas da Apollo 15 (foto abaixo) se tornam os primeiros a andar em um veículo lunar.

1991 — Os Estados Unidos e a União Soviética assinam o START I, ou Tratado de Redução de Armas Estratégicas, o primeiro a reduzir (com verificação) os estoques de ambos os países.

1999 — Programa Discovery: Lunar Prospector: a NASA intencionalmente colide a espaçonave com a superfície da Lua, encerrando sua missão de detectar água congelada naquele satélite.

2018 — Voo Aeroméxico Connect 2431 deixa 85 feridos em queda após decolar de Durango, México.

Nascimentos:

1143 — Nijo, imperador do Japão (m. 1165).

1527 — Maximiliano II do Sacro Império Romano-Germânico (m. 1576).

1598 — Alessandro Algardi, escultor italiano (m. 1654).

1704 — Gabriel Cramer, matemático e físico suíço (m. 1752).

1718 — John Canton, físico e acadêmico britânico (m. 1772).

1800 — Friedrich Wöhler, químico e acadêmico alemão (m. 1882).

1812 — Amélia de Leuchtenberg, imperatriz brasileira (m. 1873).

1901 — Henriqueta Brieba, atriz brasileira (m. 1995).

1925 — Gracinda Freire, atriz brasileira (m. 1995).

1936 — Ignacio de Loyola Brandão (foto abaixo), escritor brasileiro e Carlos Severiano Cavalcanti, poeta brasileiro.

1954 — José Roberto Guimarães, treinador de vôlei brasileiro.

1962 — Wesley Snipes, ator estadunidense.

1965 — Nivaldo Prieto, apresentador, locutor esportivo e dublador brasileiro.

1971 — Bruno Prada, velejador brasileiro.

Falecimentos:

450 — Pedro Crisólogo, bispo de Ravena (n. c. 380).

1556 — Inácio de Loyola, santo católico espanhol (n. 1491).

1750 — João V de Portugal (n. 1689).

1784 — Denis Diderot, filósofo e escritor francês (n. 1713).

1795 — Basílio da Gama, poeta luso-brasileiro (n. 1740).

1886 — Franz Liszt, compositor e pianista húngaro (n. 1811).

1944 — Antoine de Saint-Exupéry, aviador e escritor francês (n. 1900).

1953 — Clodomir Cardoso, escritor, jornalista e político brasileiro (n. 1879).

2008 — Athos Bulcão, artista plástico brasileiro (n. 1918).

2018 — Hélio Bicudo (foto abaixo), fundador do PT, jurista e político brasileiro (n. 1922).

últimas