Despedida: uma emocionante história de brigas e amor

Despedida: uma emocionante história de brigas e amor

Leia também: Para você! O conselho de um espírito amigo

Leia também: Para você! O conselho de um espírito amigo

Publicada há 2 semanas

MINUTINHO

Conselho de um espírito amigo

Por: Espírito Amigo

“Tão rápido essa vida vai passar, a minha passou num piscar de olhos, por isso:

Não brigue com as pessoas, não critique tanto seu corpo. 

Seja justo para que Deus te abençoe.

Não reclame tanto, você tem muito mais que muitos terão.

Não deixe de beijar seu amor, você não sabe quando será o último beijo de amor nessa atual existência.

Bens e patrimônios devem ser conquistados por cada um, não se dedique a acumular herança, tudo que vem fácil é perdido fácil.

Deixe os cachorros mais por perto, eles são gotas do amor de Deus...

Use os talheres e copos novos e não economize seu perfume preferido; use-o para passear com você mesmo.

Gaste seu melhor sapato, repita suas melhores roupas, quando morrer nem tua roupa do caixão você escolherá... 

Se não é errado, por que não ser agora? Escute o coração, ele é a voz de Deus. Por que não dar uma fugida? Por que não orar agora ao invés de esperar para orar antes de dormir? 

E não faça rezas ensaiadas pela boca. Faça orações de amor; converse com Deus ao invés de apenas repetir palavras. 

Não transforme sua relação com Deus num ritual frio.

Por que não ligar agora?

Por que não perdoar agora?

Espera-se muito o Natal, a sexta-feira, o outro ano, quando tiver dinheiro, quando o amor chegar, quando tudo for perfeito.

Olha, não existe o tudo perfeito.

O ser humano não consegue atingir isso porque simplesmente não foi feito para se completar aqui.

Aqui é uma oportunidade de aprendizado, apenas uma sala de aula das milhares que ainda terá que passar.

Então, aproveite este ensaio de vida eterna e faça cada segundo valer a pena! 

O universo te espera, mas o impulso para alcançares as estrelas será feito aqui.

Ame mais, perdoe mais, abrace mais, viva mais intensamente. 

Seja luz e a luz sempre estará contigo!’’

CRÔNICA

Despedida

Por: Autoria desconhecida

Ainda era manhã. Maria ouviu alguém entrando em sua casa e, para sua surpresa, era o marido. Ela não o esperava pois sabia que estava em viagem Brasil afora, com seu caminhão. Nem imaginava o local para onde foi: estavam brigados.

- Você por aqui? Cadê suas coisas? Pergunta ela.

- Não trouxe, só vim falar contigo, respondeu o marido.

Ela ficou surpresa já que antes tinham discutido e já passara vários dias sem se falar.

- E o que você quer conversar?

- Só vim dizer que apesar de termos tido nossas diferenças, eu te amo e esses dias em que estivemos brigados eu quis te ligar umas mil vezes mas o meu orgulho foi mais forte e não me deixou. Gostaria que me perdoasse, disse.

Ela mudou a feição e acariciou sua mão. 

- Eu também te amo, e quero que saiba que o meu amor por você é muito grande mas eu deixei que a raiva e o orgulho fossem uma prioridade, respondeu a esposa. 

Ele continuou dizendo:

- Você e os nossos filhos são as coisas mais importante que tenho, disse. Deu um terno beijo na testa, e terminou dizendo: - Sempre vou estar contigo aconteça o que acontecer. Vou tomar um banho e depois tenho de ir, mas desta vez a viagem será um pouco mais longa, finalizou.

Enquanto a esposa ouvia o som da água do chuveiro, o telefone tocou.

- Bom dia. Procuro a senhora Maria. Aqui quem fala é o comandante dos Bombeiros.

- Sim, está falando com ela, em que posso ajudar?

- Senhora... Estou ligando para informá-la que o seu marido sofreu um acidente grave e, infelizmente, veio a falecer. 

- Deve haver algum engano, o meu marido está em casa, foi agora mesmo tomar um banho para seguir viagem, disse a mulher.

- Minha senhora, lamentamos a sua dor mas não há engano nenhum. É realmente o seu marido, cravou o bombeiro.

- Deixe me chamá-lo para que se desfaça esta confusão, disse a esposa, ainda em estado de tranquilidade.

Ela se dirigiu até o banheiro. Nada encontrou! Procurou em cada canto da casa e não o achou. Um silêncio profundo invadiu a sua alma e um arrepio percorreu o seu corpo. Percebeu que ele esteve lá. Apenas veio se despedir.

Foto: Ilustração. Fonte: IStock

O texto é de livre manifestação do signatário que apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados e não reflete, necessariamente, a opinião do 'O Extra.net'.

últimas