GERAL

Na região, enfermeira atacada por cães se recupera em casa

Na região, enfermeira atacada por cães se recupera em casa

Vítima estava em uma moto aguardando o sinal abrir quando foi mordida e arrastada pelos animais

Vítima estava em uma moto aguardando o sinal abrir quando foi mordida e arrastada pelos animais

Publicada há 1 mês

Da Redação

Uma enfermeira de 35 anos se recupera em casa após ter sido atacada por ao menos 10 cães de rua, na avenida Presidente Juscelino Kubitscheck de Oliveira, em Rio Preto.

Maíra Adelaide saiu do trabalho na última sexta-feira (7/6) e seguia pela avenida quando, ao parar no semáforo, foi atacada pelos cães de um morador em situação de rua. Os animais estavam no carrinho de supermercado que o homem empurrava, mas quando o carrinho virou, os cachorros avançaram nas pessoas que estavam ao redor.

A vítima foi ferida com várias mordidas nas pernas, chegando a ser arrastada pelos animais na moto. Para se defender e cessar o ataque, ela precisou usar um capacete. Ninguém a ajudou.

Maíra se deslocou, ferida, até uma UPA, onde recebeu vacina antirrábica e curativos. Ela é autônoma e no período de recuperação, não pode trabalhar.

Por meio de nota, a Secretaria do Bem-Estar Animal disse que “não faz parte do escopo de autuação da Secretaria avaliar a perda da posse dos animais em caso de ataques". Leia abaixo:

“Nessas situações, deve haver uma ordem judicial que legalize qualquer ação que force a retirada desses animais de seu responsável. Reiteramos nosso compromisso com o bem-estar animal e a segurança da população, trabalhando sempre dentro dos limites legais e em parceria com as autoridades competentes para garantir que medidas adequadas sejam tomadas em situações como essa”.

últimas