FUNCIONALISMO

Servidores públicos estaduais devem ter reajuste salarial de 17%

Servidores públicos estaduais devem ter reajuste salarial de 17%

Proposta enviada pelo governador tramitará em regime de urgência na Alesp

Proposta enviada pelo governador tramitará em regime de urgência na Alesp

Publicada há 8 meses

O governador Tarcísio enviou a proposta de reajuste salarial. Foto: Divulgação / Gov. Estado SP

Da Redação

O governador do Estado de São Paulo Tarcísio de Freitas (Republicanos) enviou à Assembleia Legislativa do Estado (Alesp) um projeto de lei propondo o reajuste salarial dos servidores públicos estaduais na ordem de 17,42%.

A medida tramita em regime de urgência e deve entrar em pauta para votação nesta semana e beneficia todos os servidores de secretarias de governo, autarquias, PGE e CGE que recebem menos que o mínimo, abrangendo as seguintes hipóteses:

- servidores que recebem menos de R$ 1.550 em jornada completa de trabalho;

- servidores que recebem menos de R$ 1.162,50 para jornada comum de trabalho; e,

- servidores que recebem menos de R$ 775 para jornada parcial de trabalho.

Em maio, o governo sancionou a lei que institui o novo salário mínimo paulista, de R$ 1.550. O projeto foi de autoria do próprio governador e deixou o valor do mínimo estadual maior que o piso salarial federal, que foi fixado em R$ 1.320 a partir de 1º de maio.

O impacto financeiro desse reajuste será de R$ 274,1 milhões ao ano.

últimas