POLÍTICA

Fausto Pinato preside Frente Parlamentar em Defesa do Empreendedorismo Rural

Fausto Pinato preside Frente Parlamentar em Defesa do Empreendedorismo Rural

Desenvolvimento sustentável das comunidades rurais em todo o país

Desenvolvimento sustentável das comunidades rurais em todo o país

Publicada há 1 mês

Foto: Divulgação / Mário Angra / Câmara dos Deputados

Da Redação

Nesta quarta-feira, 17 de abril, o Salão Nobre da Câmara dos Deputados foi palco do lançamento oficial da Frente Parlamentar em Defesa do Empreendedorismo Rural, tendo à frente o Deputado Federal Fausto Pinato (PP-SP). O evento contou com a participação de parlamentares, incluindo o Senador Chico Rodrigues (PSB-RR), vice-presidente da frente, o Secretário Nacional do Ministério da Agricultura, Pedro Neto, o Presidente da CONAFER, Carlos Lopes, e a Diretora da Embrapa, Selma Beltrão, e o presidente do Incra, César Fernando Schiavon Aldrighi.

A Frente Parlamentar tem como missão central fortalecer o setor rural brasileiro, promovendo o desenvolvimento das capacidades produtivas e o crescimento das cadeias econômicas ligadas ao campo. Durante a cerimônia de lançamento, Fausto Pinato destacou a importância do apoio a políticas inovadoras, do desenvolvimento socioeconômico das comunidades rurais e do acesso facilitado a crédito e capacitação para os empreendedores do campo.

Pinato enfatizou, ainda, a necessidade de garantir espaço para os pequenos agricultores no cenário econômico, ressaltando a relevância dos investimentos em pesquisa e tecnologia para impulsionar o setor.

"O empreendedorismo rural é um motor essencial para o crescimento econômico do Brasil. Precisamos garantir que os pequenos agricultores tenham as ferramentas e o apoio necessário para prosperar no campo. Com a Frente Parlamentar em Defesa do Empreendedorismo Rural, estamos comprometidos em criar um ambiente favorável para o desenvolvimento sustentável das comunidades rurais em todo o país", destacou o Deputado.

O lançamento da Frente Parlamentar reflete o compromisso do parlamento brasileiro em fortalecer um dos pilares fundamentais da economia nacional e conta com a participação de 212 parlamentares.

Fonte: AsCom

últimas