PESQUISA

Rodovia SP de Ouroeste é a 5ª melhor do Brasil, aponta pesquisa da CNT

Rodovia SP de Ouroeste é a 5ª melhor do Brasil, aponta pesquisa da CNT

SP passa em frente à usina da Bunge e vai até Araçatuba; SP-320 é a 6ª

SP passa em frente à usina da Bunge e vai até Araçatuba; SP-320 é a 6ª

Publicada há 2 meses

Pois é!

Por esses resultados, usuários contumazes de ambas as vias jamais esperavam. Mas vamos aos dados!

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), divulgada na última quarta-feira, 29/11/2023, considerada a ‘Bíblia’ dos levantamentos de infraestrutura rodoviária do Brasil, apontou que duas rodovias da nossa região estão dentre as melhores do país.

A mais bem colocada, segundo o 26º levantamento, é a Rodovia Dr. Elyeser Montenegro Magalhães, a SP-463, especificamente no trecho que liga Ouroeste a Clementina. Ela, que passa em frente à Usina da Bunge, foi considerada a quinta melhor do Brasil!

Logo atrás, na sexta colocação, ficou a Euclides da Cunha, a SP-320, no trecho que vai de Rubinéia até Mirassol.

Em comum, ambas são administradas pelo poder público estadual (e não têm pedágios – por enquanto).

As surpresas advêm dos fatos de que ambas – sobretudo a Euclides da Cunha – não estão lá essas maravilhas todas. Basta vermos que a SP-320 está em obras de recapeamento atualmente, denotando investimentos de R$ 140 milhões. (Se precisa de obras, logo não estava em perfeitas condições de trafegabilidade). Na pesquisa de 2022 ela ocupou a segunda colocação, ou seja, caiu quatro postos. Já a Elyeser recebeu, há dois anos, investimentos estaduais de R$ 36 milhões nos 43 quilômetros que ligam Jales e Ouroeste.

A ser plausível a inclusão de ambas neste seleto rol, resta-nos imaginarmos os estados das piores avaliadas.

O CNT informa que o levantamento considerou três principais aspectos: pavimento, sinalização e geometria da via. O resultado da avaliação é divulgado de forma qualitativa, categorizado como ótimo, bom, regular, ruim ou péssimo. Foram avaliados 111.502 quilômetros de rodovias pavimentadas, o que corresponde a 67.659 quilômetros da malha federal (BRs) e a 43.843 quilômetros dos principais trechos estaduais.

Outros dados:

- 67,5% das rodovias brasileiras têm sua extensão classificada como regular, ruim ou péssima;

- A pior rodovia é a AM-010, que liga Manaus a Itacoatiara,no Amazonas;

- A melhor via está no Rio de Janeiro, a RJ-124, que faz a ligação entre Rio Bonito e São Pedro da Aldeia;

- Há 2.648 pontos críticos na malha rodoviária (quede da barreiras, pontes caídas, erosões nas pistas...);

- Das dez melhores classificadas, cinco são SP´s, ou seja, estão no território paulista (públicas ou concedidas).

Há! 36 radares inteligentes devem ser instalados no primeiro semestre do próximo ano nas rodovias da região. Ambas certamente estarão aptas a receberem 'vários' desses radares.

O texto é de livre manifestação do signatário que apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados e não reflete, necessariamente, a opinião do 'O Extra.net'.

últimas