LUTO!

Identificada mulher morta em queda de pontilhão: enfermeira de Votuporanga

Identificada mulher morta em queda de pontilhão: enfermeira de Votuporanga

Arialide tinha 34 anos e trabalhava no Centro Cirúrgico da Santa Casa

Arialide tinha 34 anos e trabalhava no Centro Cirúrgico da Santa Casa

Publicada há 4 semanas

Post na página oficial da Santa Casa no Facebook

Da Redação

Identificada mulher morta em queda de pontilhão: enfermeira de Votuporanga

A vítima fatal de queda do ‘Pontilhão do Vilar’ ocorrida nesta manhã de sexta-feira, 19, foi identificada como sendo Arialide Perciliana Borelie. Ela tinha 34 anos de idade, era técnica em enfermagem e trabalhava no Centro Cirúrgico da Santa Casa de Votuporanga.

‘Narizinho’, como era conhecida, está recebendo diversas homenagens em redes sociais, inclusive da unidade hospitalar onde trabalhava.

Há suspeita ainda não confirmadas de que ela tenha tirado a própria vida.

O caso

A Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM-SP), através da unidade de Votuporanga, registrou uma ocorrência que resultou na morte da vítima, acontecido por volta das 09h30 da manhã desta sexta-feira, 19/04/2024.

Por motivos a serem elucidados em investigação, uma mulher aparentando cerca de 30 a 35 anos caiu o viaduto conhecido como ‘Pontilhão do Vilar’, sobre a Rodovia Euclides da Cunha, no perímetro urbano de Votuporanga.

Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados para o socorro, mas a vítima veio a óbito.

O viaduto interliga as Avenidas Brasil e Emílio Arroyo Hernandes, no bairro Pozzobon e já registrou outras ocorrências semelhantes.

Inquérito Policial a cargo da Delegacia de Polícia de Votuporanga buscará esclarecer o fato.

ATENÇÃO! 

O Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuita todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, e-mail e chat 24 horas todos os dias.

  • Por chat: Clique aqui para iniciar o chat;
  • Por telefone: Ligue 188: gratuito para todo o território nacional, 24 horas por dia;
  • Por e-mail: https://www.cvv.org.br/e-mail/

Os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) da sua cidade também disponibilizam atendimento gratuito.


últimas