SOLIDARIEDADE

Hemocentro pede doação de sangue para Maria Eduarda, universitária vítima de acidente

Hemocentro pede doação de sangue para Maria Eduarda, universitária vítima de acidente

Ela colidiu com um cavalo na rodovia de acesso à Universidade Brasil

Ela colidiu com um cavalo na rodovia de acesso à Universidade Brasil

Publicada há 10 meses

Da Redação

O Hemocentro de Fernandópolis lançou em suas redes sociais uma campanha solicitando doações de sangue, de qualquer tipo sanguíneo, para a universitária Maria Eduarda Blanco, de 18 anos, vítima de acidente de trânsito ocorrido na noite de terça-feira, 28/03/2023, na Rodovia Carlos Gandolfi.

A unidade de hemoterapia está com baixo estoque e quem quiser colaborar deve procurar a unidade através dos telefones 17-3442-5544 e 17-98165-0067 ou no endereço Rua Simão dos Santos Gomes, 266, Jardim Santista, em Fernandópolis.

Os horários são de segunda, terça, quinta e sexta-feira das 08 às 17h, quarta-feira das 8 às 18h e aos sábados das 08 às 13h.

REQUISITOS BÁSICOS PARA DOAÇÃO 

- Estar bem de saúde;

- Apresentar documento oficial com foto (RG, CNH ou Carteira Profissional);  

- Ter de 16 a 69 anos (menores de idade acompanhados do responsável);

- A primeira doação deve ser antes dos 60 anos;

- Homem pesar mais de 50 kg e mulher mais de 51 kg;

- De manhã, evitar jejum e se alimentar normalmente;

- A tarde, aguardar 3 horas após o almoço;

- Caso esteja tomando medicamento, trazer sempre o nome;

- Outros critérios serão avaliados na triagem clínica.

O ACIDENTE

Maria Eduarda conduzia sua motocicleta Honda/Biz na rodovia de acesso à Universidade Brasil e colidiu com um cavalo que estava solto na via de rolamento.

Ela foi arremessada ao solo e sofreu vários ferimentos, inclusive com informações de que houve a necessidade de intervenção de profissionais do Serviços de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para reverter um quadro de parada cardiorespiratória. A vítima foi socorrida à Santa Casa de Fernandópolis. O animal sofreu apenas pequenos ferimentos.

A universidade, através do Conselho Estudantil, publicou manifestações pela recuperação da estudante. Nas redes sociais há intensa mobilização com pedidos de orações pela vida de Maria Eduarda.

últimas